Imagens do novo conector USB reversível são divulgadas

 

conector-usb

Em feira realizada na China no início deste mês de abril, a Implementers Forum (USB-IF), que representa o grupo de empresas que desenvolvem os formatos da conexão do padrão USB (do inglês, Universal Serial Bus), apresentou os novos conceitos para este tipo de conector.

O mais novo modelo denominado Tipo-C, se encaixará na entrada USB dos dispositivos por ambos os lados, ou seja, o conector por ser reversível facilitará a vida dos usuários na hora de posicionar e fixar o conector em qualquer lado na porta USB. Sua funcionalidade será semelhante ao cabo lightning da Apple.

Com um tamanho similar ao de um micro USB, o Tipo-C estará disponível para computadores, tablets, e smartphones.

Para julho deste ano serão concluídas as especificações deste novo USB que poderá atingir a taxa de transferência de até 10 Gigabytes por segundo, além de ser mantido o suporte aos formatos USB anteriores 2.0 e 3.0.

VMware flexibiliza entrega de desktop na nuvem

Desktop na Nuvem

A VMware lança no mercado um serviço inovador para o mercado de desktop baseado em nuvem: o  VMware Horizon DaaS.

Pioneira solução de desktop como serviço (DaaS, do inglês Desktop as a Service) híbrido, o VMware Horizon DaaS é capaz de combinar desktops em nuvens públicas e instalados fisicamente na empresa com desktops em nuvens privadas com o VMware Horizon View, que integra e simplifica o gerenciamento sobre ambientes em nuvem distintos.

Desta forma, o serviço permite que a equipe de tecnologia da informação provisione, instale e gerencie aplicações completas na plataforma Microsoft Windows com alta qualidade, viabilizando a mobilidade corporativa para os usuários finais acessarem através da nuvem de qualquer lugar em desktops ou laptops (PC ou Mac), thin clients, bem como Apple iOS e Google Android para tablets, Chromebooks e demais dispositivos móveis.

O VMware Horizon DaaS foi baseado na plataforma VMware vCloud Hybrid Service, que possibilita aos clientes ampliarem as mesmas aplicações, redes, operações, gerenciamento e ferramentas dentro ou fora da empresa, como também ampliar o seu data center de maneira simplificada na nuvem e instalar aplicações híbridas adicionais paralelamente ao seu ambiente de desktop híbrido.

Em se tratando de investimento, o custo total de propriedade apresenta resultado significativamente reduzido em função da diminuição da sobrecarga operacional e desembolso inicial.

Microsoft SQL Server 2014 será lançado em 1º de abril

Microsoft SQL

De acordo com Quentin Clark, vice-presidente da Microsoft para Data Platform Group, o SQL Server 2014 começará a ser vendido no dia 1º de abril próximo.

Destacando os benefícios desta nova versão, dentre eles, o conceito “in-memory” – otimiza o desempenho em 5x, 10x e até em 50x, o SQL Server 2014 dispõe da funcionalidade denominada xVelocity v2, que é uma evolução da primeira versão disponível no SQL Server 2012, onde é possível criar índices Clustered e Read/Write conhecido como ColumnStore, que ao contrário do armazenamento baseado em linhas (row based), o xVelocity grava os dados por colunas. Esse novo formato permite obter grande taxas de compressão nas tabelas e, portanto, redução no consumo de disco e tempo de acesso

Outro novo componente denominado “in-memory OLTP”, disponível na edição Enterprise, oferece um novo motor completamente diferente do tradicional, no qual os dados são armazenados em arquivos especiais (diferentes dos conhecidos MDF e NDF) e utilizam um cache isolado (não é o conhecido Buffer Pool). O gerenciamento de memória é realizado em um Memory Broker dedicado chamado de XTP (eXtreme Transaction Processing).

Portanto com a nova versão do SQL Server 2014 demonstra que os seus antecessores dispunham de um banco de dados que se dedicava mais tempo no disco, e hoje, em função do uso de maior quantidade de memória utilizada nos servidores, o banco de dados passa a trabalhar em memória utilizando os recursos “in-memory”.

Temos agora que atualizar nossos conhecimentos e nos preparar para os novos desafios que virão com as novidades deste lançamento.

Cloud Drive da Amazon começará a ser vendido no Brasil

Amazon Cloud Drive

Acaba de ser lançado na última terça-feira, dia 11/03, o serviço de armazenamento de dados na nuvem Cloud Drive da Amazon no Brasil.

Trata-se de uma plataforma da Amazon Cloud gratuita que permite upload e armazenamento de fotos, vídeos e arquivos digitais de forma geral, tendo como concorrentes diretos Dropbox, Google Drive, One Drive, entre outros.

O acesso ao serviço é via web pelo navegador de internet ou através de aplicativo específico para computadores com Windows ou Mac, smartphones e tablets com iOS ou Android.

Qualquer novo usuário ao se cadastrar no serviço Cloud Drive ganha automaticamente 5GB de espaço grátis para armazenamento.

A Amazon gradativamente vai trazendo seus produtos e serviços para o Brasil, lembrando que em novembro de 2013 ela lançou por aqui sua AppStore, oferecendo determinados aplicativos gratuitamente, e em fevereiro deste ano iniciou a venda do Kindle.

E assim provavelmente ao longo deste ano teremos mais novidades da Amazon no Brasil.

Pesquisa demonstra que mulheres usam a internet de forma segura

Mulheres

A Kaspersky Lab, empresa produtora de softwares de segurança para internet, em parceria com a Universidade de Wuerzburg, na Alemanha, realizaram uma pesquisa em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, data esta marcada por luta de igualdade e independência, a fim de mapear as diferenças comportamentais entre mulheres e homens no uso da internet e demonstrar os motivos pelos quais as mulheres se comportam de forma mais segura.

O tempo de navegação entre ambos não se diferencia, muito pelo contrário, acabam apresentando a mesma duração.  O que faz com que as mulheres sejam mais precavidas que os homens é a origem do conteúdo que está sendo acessado. Tendem a fazer parte do universo masculino a procura por entretenimento, jogos e conteúdos sexuais, enquanto elas buscam mais interação com amigos ou algum parceiro romântico. Desta maneira, o comportamento de cada um pode trazer ou não um risco maior de infecção ao visitar certos tipos de sites.

O pesquisador da Kaspersky, David Emm, é bem categórico em dizer que não é o conteúdo do site por si só visitado que traz risco, e sim, a atração dele a um número elevado de visitantes, fazendo com que os criminosos da internet se aproveitem dos grandes fluxos gerados pelas vítimas potenciais.

Como a nossa mente também tem o seu mecanismo de proteção, a vítima se sente mais confortável em reclamar de um site bancário do que ser infectado por um destes sites maliciosos e também recorrer a uma reclamação.

A recomendação é sempre ter um aplicativo de antivírus instalado e atualizado em qualquer equipamento que esteja conectado à internet, seja para mulheres e principalmente no caso dos homens, que geralmente apresentam comportamento de ignorar riscos que podem acabar gerando ações irreparáveis.

 

Viena passa a usar extensão própria do domínio de internet

dominio
A cidade de Viena, capital da Aústria, passou a ser a primeira cidade do mundo a utilizar extensão própria do domínio de internet: “.viena”.

A liberação no uso da extensão personalizada para Viena seguirá várias fases com início dando preferência a empresas e marcas que já encontram-se registradas, e posteriormente a particulares que poderão apresentar sua solicitação.

Caso haja mais de um pedido de registro para um mesmo domínio, a titularidade será decidida através da aplicação de leilão. Segundo o vereador local Christian Oxonitsch, responsável pela Educação, Juventude e Informação, a extensão “.viena”  fará com que a cidade esteja mais bem posicionada também na web como a melhor no mundo com qualidade de vida, colocação esta alcançada em 2013 de acordo com o resultado da pesquisa publicado pela consultoria de recursos humanos Mercer.

Para que a capital austríaca seja mais conhecida e proporcione valor agregado especialmente no ponto de vista econômico, a prefeitura da cidade aposta que visitá-la entre os meses de abril a outubro, quando as temperaturas estão agradáveis e a agenda cultural da cidade repleta de atrações, potencialize Viena como uma marca reconhecida.

Comando por voz do iPhone em automóveis é apresentado pela Apple

Comando Por Voz

Como deve ser feito para as conquistas que buscamos em nossas vidas, um passo de cada vez, a Apple procura se consolidar cada vez mais no mercado de smartphones.

Em uma das maiores feiras do setor automobilístico na Europa, Genebra Motor Show, a Apple apresentou seu novo sistema integrado de comando voz para iPhone, o CarPlay.

Previamente revelado em 2013 em automóveis de renomadas marcas como Ferrari, Mercedes-Benz e Volvo presentes nesta feira, o sistema demonstrou que por meio da voz ou do toque, o motorista passa a controlar seu iPhone, possibilitando operar seu aparelho sem as mãos.

Alguns fabricantes de automóveis já disponibilizam o acesso a smartphones através do Bluetooth, contudo o CarPlay oferece maior interação das funcionalidades do iPhone com o painel e alto falantes do próprio veículo de maneira mais hábil.

Podemos citar entre os recursos disponíveis no sistema da Apple para controlar o iPhone como acessar contatos armazenados, fazer ligações, retornar ligações perdidas, ouvir as mensagens do correio de voz, usar mapas, ouvir músicas e acessar suas mensagens.

Com plano de expansão do sistema, o Carplay também estará presente em automóveis das marcas BMW, Ford, General Motors, Honda, Hyundai, PSA Peugeot Citroën, Subaru, Suzuki e Toyota.