Sistema do carro que liga para o SAMU em caso de acidente: Novidade da Ford

Novidades tecnológicas

No lançamento do seu novo Ka nesta semana, a Ford apresentou uma novidade para casos de acidentes no carro com uma aplicação de emergência, onde um sistema do próprio veículo disca para o serviço do SAMU (Serviço de Atendimento de Urgência) no número de telefone 192, e assim agiliza o atendimento de socorro para os possíveis envolvidos no acidente e que estejam sem condições de fazer o contato.

Similar ao sistema que já é utilizado na Europa e Estados Unidos, identifica de modo automático o local do acidente através das coordenadas do GPS a fim de um retorno mais rápido no atendimento do socorro. Para que este recurso funcione é preciso manter um celular pareado via Bluetooth ao sistema do veículo chamado de SYNC.

Na ocorrência de um acidente por colisão ou capotamento que acionar o airbag ou provocar o corte de combustível, a ligação é realizada automaticamente através do telefone conectado ao sistema, e o atendimento do SAMU recebe uma mensagem informando o acidente com a sua localização. Na sequência, a função de microfone (“viva-voz”) do sistema é aberta para comunicação com os envolvidos, e independente deles estarem desacordados ou imobilizados as informações sobre a ocorrência são encaminhadas para prestação do socorro.

A Ford planeja disponibilizar a partir de 2015 este recurso para toda sua linha de veículos.

Em parceria com o Ministério da Saúde, testes já foram realizados e validados com algumas unidades do SAMU e a apresentação do sistema será feita na semana que vem em Brasília, no IV Congresso Nacional do SAMU.

Gartner classifica a VMware como líder em virtualização de servidores x86 pelo quinto ano consecutivo

Vitualização

O mercado de infraestrutura de virtualização de servidores x86 inclui todas as cargas de trabalho implantadas em servidores físicos com a arquitetura x86, envolvendo aplicações na plataforma local ou Web, servidores de banco de dados, arquivos, impressão e de segurança.

Pelo menos 70% das cargas de trabalho de servidores x86 são virtualizados, o mercado está maduro e competitivo, e as empresas têm opções viáveis. Um número crescente de empresas estão avaliando os benefícios de custo de migrações competitivos e os benefícios da implementação de várias tecnologias de virtualização.

Tendo como base duas tendências de mercado tais como modernização de infraestrutura e computação em nuvem, a VMware foi posicionada no relatório anual denominado “Quadrantes Mágicos de 2014” da consultoria Gartner como líder em infraestrutura de virtualização de servidores x86 pelo quinto ano consecutivo.

De acordo com John Gilmartin, vice-presidente e gerente geral da unidade de negócios SDDC (datacenter definido por software, do inglês “software-defined data center” ) da VMware, a posição da empresa no quadrante de líderes por cinco anos consecutivos é o resultado da confiança dos clientes corporativos de todos os portes com a solução de virtualização da VMware que atua no núcleo dos datacenters e é o alicerce para ambientes de nuvem híbrida.

Além disso, Gilmartin comenta sobre a constante inovação por parte da VMware e extensão da virtualização além de servidores, alcançando também a rede e o storage definido por software, a fim de gerar aumento na eficiência da Tecnologia da Informação (TI), agilidade e flexibilidade de operação nos vários datacenters de clientes.

Finalmente o bug de consumo de energia do Chrome no Windows será resolvido

copa-do-mundo

O Google promete resolver definitivamente o problema de consumo excessivo de energia no seu navegador Chrome que vem ocorrendo há anos.

Este bug ocorre na versão do Chrome para o sistema operacional Microsoft Windows onde a demanda do processador permanece alta sobretudo quando o mesmo não está em uso.

Normalmente o processador passa a ser ativado 64 vezes a cada segundo para verificar se o sistema está em atividade, e com esta falha, o Chrome chega a atingir 1000 vezes no mesmo tempo, onde pode gerar um consumo a mais de 25% quando comparado aos outros navegadores, mesmo nos momentos em que ele se encontra minimizado e sem uso. Este excesso no consumo de energia afeta diretamente na diminuição da autonomia da carga da bateria de smartphones, tablets e notebooks que utilizam o Chrome.

Embora este bug tenha sido relatado pela primeira vez em 2010 e apresentado relatórios em meados de 2012, agora o Google se pronunciou em resolvê-lo após matéria publicada na semana passada que chamou a atenção sobre o problema no site da revista Forbes.

A data efetiva de correção desta falha oficialmente ainda não foi divulgada, mas em declaração a revista PCWorld, o Google declara que essa tarefa está com prioridade máxima na sua equipe de desenvolvedores.

Procon de SP atualiza relação de sites de comércio eletrônico que devem ser evitados

copa-do-mundo

A Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) anunciou hoje mais 18 sites de e-commerce que passam a fazer parte da lista dos que devem ser evitados pelos consumidores. Desta forma, a lista acumula 406 sites dos quais 400 encontram-se já notificados pelo Procon devido a reclamações de clientes que não tiveram retorno muito menos qualquer retratação.

Casos de pessoas lesadas que tiveram prejuízos em consequência da venda irregular destes sites de comércio eletrônico foram encaminhados ao Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), que aloca endereço IP (Internet Protocol) e administra o cadastro de domínios de internet no Brasil, bem como à Polícia Federal, no entanto alguns sites continuam acessíveis e a recomendação do Procon é que o internauta evite utilizá-los para quaisquer compras.

O Procon-SP orienta ao consumidor pesquisar antes informações sobre o e-commerce de interesse, tais como o número do CNPJ, razão social, telefone, endereço e e-mail, além de buscar recomendações, evitar a compra em lojas que só aceitem boleto bancário ou depósitos em conta, e duvidar de ofertas que forem extremamente vantajosas.

Outro cuidado fundamental sugerido é para que o consumidor providencie a instalação e atualização de aplicativos de controle e segurança de internet em seu próprio computador, e jamais faça compras pela internet em computadores públicos.

Para conhecer a relação mais recente de lojas na internet que o Procon-SP recomenda não fazer compras clique aqui.

Redes sociais registram recordes na Copa do Mundo 2014

copa-do-mundo

A repercussão da Copa do Mundo nas redes sociais como Twitter e Facebook chegou a bater recordes, onde o assunto mais comentado foi a derrota avassaladora do Brasil por 7×1 para a Alemanha no dia 8 de julho, superando até mesmo o jogo da final entre Alemanha e Argentina.

Os números registrados no Twitter na final da Copa atingiram cerca de 32,1 milhões de mensagens e 35,6 milhões na partida do Brasil contra a Alemanha, porém os tweets por minuto tiveram seus maiores números na final, cerca de 618,7 mil, atingindo o maior índice de acesso até o momento.

Já o Facebook superou todos os recordes da rede em um evento esportivo. Em termos globais pode-se falar que em torno de 88 milhões de pessoas veicularam 280 milhões de interações, números que superaram o Super Bowl XLVII (final do campeonato de 2012 da NFL nos Estados Unidos) com 245 milhões.

Os registros que atingiram os maiores picos na rede foram o momento do apito final do jogo entre Alemanha e Argentina, o gol da Alemanha feito por Mario Götze, um chute de Messi no final do jogo, o gol de Gonzalo Higuaín que foi anulado por impedimento, e finalmente a entrega do premio para Messi como melhor jogador do evento.

Anunciado pela Microsoft o fim do suporte base para o Windows 7

windows7

A Microsoft alertou a seus usuários que a partir de 13 de janeiro de 2015 encerrará o suporte básico para vários de seus produtos, dentre eles o popular sistema operacional Windows 7.

Embora pareça que haja um abandono do Windows 7 da mesma forma com o que ocorreu com o Windows XP, o sistema terá suporte por mais 5 anos para todas as versões domésticas e corporativas.

O que irá ocorrer na realidade logo no início de 2015 será o fim da liberação de novos recursos sem comprometer as atualizações de segurança disponíveis frequentemente, que serão estendidas até 2020.

Alguns produtos como o Windows Phone 7.8, por exemplo, terão seu suporte base encerrado daqui a dois meses, contudo continuarão a receber as atualizações de segurança.

Para saber quais outros produtos da Microsoft não terão mais suporte nos próximos meses clique aqui.