Dell lança nova linha do Alienware 18 Gaming Laptop

dell-lanca-nova-linha-alienware-18-gaming-laptop

A fim de atender diversos pedidos de usuários, a Dell americana anunciou ontem o lançamento da nova linha do seu laptop Alienware 18 Gaming Laptop.

Considerado o mais poderoso da linha até hoje, o novo equipamento da Dell vem com um processador Intel Core i7-4910MQ quarta geração (ou 4940MX), 16GB de memória RAM DDR3L (ou 32GB), disco rígido de 1TB 7.200 rpm (ou SSD de 512GB), tela de 18,4 polegadas WLED FHD (1920×1080), placa de vídeo Dual Nvidia Geforce GTX 970M com 6GB de memória GDDR5 (ou 980M com 8GB), Wi-Fi 802.11ac+Bluetooth 4.0. Tem espessura de 5,67 cm e peso de 5,4Kg.

Voltado para o público experiente em games, o Alienware 18 nos Estados Unidos tem seu preço inicial de 2.899,99 dólares até a configuração top que chega a 4.649,99 dólares. Até o momento não foi anunciada a venda deste novo produto no mercado brasileiro, aguardamos novidades com a Dell Brasil.

Biometria é aplicada no aumento da segurança nos aeroportos internacionais

biometria-aplicada-no-aumento-da-seguranca-nos-aeroportos-internacionais

De acordo com o levantamento realizado pela Acuity Market Intelligence, empresa de pesquisa e consultoria na área de biometria e identificação eletrônica, calcula-se um investimento em cerca de 2,2 bilhões de dólares até o ano de 2018 na automatização do controle de fronteiras com uso da tecnologia biométrica nas regiões da Europa, seguida pela Ásia, América do Norte e Oriente Médio.

Além de aeroportos na Alemanha, também já utiliza a tecnologia chamada de e-Gates o aeroporto internacional de Praga (Ruzyně), localizado na capital da República Tcheca, que conta com 10 pontos de acesso através do uso da biometria e controla o fluxo de imigração com passaportes, identificação nos portões de embarque, quiosques, resultando mais confiabilidade e rapidez no processo quando comparado ao método convencional que depende de um atendimento pessoal por agentes de segurança.

O vice-presidente de vendas da HID Biometrics, Kerry Reid, comenta que a empresa iniciou a implantação há 2 anos de sensores de impressão digital nas áreas externa e interna do aeroporto internacional de Baltimore-Washington (Thurgood Marshall), Estados Unidos, e mantém um alto nível de segurança e vigilância em função da quantidade crescente do fluxo de passageiros internacionais.

Reid destaca uma característica importante desses sensores de impressão digital que é também de controlar o acesso à pista do aeroporto através de unidades implantadas ao ar livre, através do uso de cartões inteligentes e pins durante a transição completa à nova tecnologia e sem comprometer a segurança. Ao tocar no sensor biométrico, a imagem capturada é conciliada com um banco de dados para identificação do indivíduo, e assim que confirmado o controle de acesso é liberado.

Por fim, Reid concluí que esse tipo de procedimento tem se mostrado eficiente aumentando a velocidade da operação sem abrir mão de segurança principalmente na inibição da tentativa de fraudes, pois sua ação impede que pessoas possam entrar ou sair do país em posse de passaportes de outros indivíduos.

Windows Server 2003 continua ativo e traz vulnerabilidade para cerca de 609 mil servidores

Windows Server 2003

De acordo com o resultado de uma recente pesquisa realizada pela Netcraft, empresa especializada em serviços de internet, cerca de 175 milhões de sites em todo o mundo continuam a usar o Windows Server 2003, sistema operacional da Microsoft lançado há 12 anos .

Mesmo que a Microsoft desde o mês de julho passado deixou de fornecer suporte estendido e atualizações de segurança para o Windows Server 2003, verificou-se que ainda encontram-se ativos cerca de 609 mil servidores com esta versão.

Empresas citadas que fazem parte da lista daqueles que continuam em operação com o Windows Server 2003 são de segurança de internet (eScan e Panda Security), bancos (ANZ, NatWest, ING Direct, Grupo Bancolombia) e comércio eletrônico (Alibaba), onde 55% do universo dos equipamentos pesquisados localizam-se entre a China e os Estados Unidos.

Se sua empresa continua a utilizar o Windows Server 2003, entre em contato com a TND Brasil para lhe prestar  assistência na migração para o Windows Server 2012 R2 e obter os benefícios com melhor desempenho, menor demanda de manutenção, maior velocidade e agilidade de resposta nos negócios.

Fraude através de boletos bancários cobra multa falsa de trânsito

Segurança TND

De acordo com uma recente descoberta dos analistas da Kaspersky Lab, empresa de segurança e proteção digital, cibercriminosos no Brasil estão enviando pelos Correios boletos bancários fraudulentos para roubar dinheiro dos motoristas de veículos como se fossem infrações reais cometidas no trânsito.

Utilizando uma cópia da base de dados do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN), que hoje chega até ser vendida em websites, os golpistas geram as multas falsas com dados íntegros dos proprietários tais como nome e endereço completo, e em alguns casos até publicam no boleto a foto do veículo para representar o documento com a maior veracidade possível.

A Kaspersky Lab informou que o volume de tentativas sobre este golpe tem crescido anualmente, e assim fez com que a maioria dos sites do DETRAN de cada estado brasileiro divulgasse alertas e orientações à população sobre os riscos e precauções a serem tomados.

Para que você não acabe sendo vítima deste golpe, deve-se considerar que nenhum órgão de trânsito brasileiro envia multas através de correio eletrônico (e-mail), ignorar qualquer mensagem sobre este assunto, inclusive nunca clique em link ou anexo no corpo do e-mail.

Além disso, caso receba uma multa de trânsito pelos Correios, todos os campos do documento devem ser checados e conciliados com o site do Detran de sua localidade através do número da placa e RENAVAM do seu veículo, que é o Registro Nacional de Veículos Automotores.

Por fim, mantenha uma proteção sobre os dados armazenados em seu computador ou dispositivo eletrônico contra trojans, pois os mesmos trazem risco de captura de todos os tipos de informações tais como a CNH (Carteira Nacional de Habilitação), Registro de Veículos, CPF, RG, entre outros, quando digitalizados e salvados no equipamento do usuário.

A TND Brasil pode lhe ajudar em evitar estes tipos de golpes, clique aqui e contate agora mesmo para saber mais sobre as soluções de segurança e proteção de seus dados armazenados em qualquer dispositivo eletrônico.

Citrix sai na frente com a virtualização do Windows 10

citrix

A Citrix já disponibiliza diversos produtos e ferramentas para atender o novo sistema operacional da Microsoft, e assim, facilita todo o processo de migração na garantia de manter a disponibilidade de acesso aos principais aplicativos empresariais para usuários de desktops, notebooks e tablets que passam a utilizar o Windows 10.

Todos os softwares, ferramentas e processos são disponibilizados pela Citrix para reduzir os custos com licenciamento de software e dispensar a instalação de equipamento por equipamento, resultando em uma maior agilidade com a solução.

Desta forma, integrado com o recém-lançado Citrix Receiver para Windows 10, o produto XenApp oferece a distribuição de todos os aplicativos Windows e traz a mobilidade corporativa, beneficiando os colaboradores para acessar os aplicativos virtuais de qualquer lugar em qualquer estação de trabalho ou dispositivo móvel.

Na migração do cliente na plataforma Microsoft Windows para a versão 10, utiliza-se o Citrix AppDNA que automatiza a operação e faz toda a análise sobre os aplicativos corrigindo-os de possíveis problemas, alcançando uma redução nos custos e no nível de complexidade em migrar e atualizar em até 90%.

O AppDNA é o software de migração que tem a possibilidade de integração com o Microsoft App-V e o System Center Configuration Manager a fim de simplificar o empacotamento e distribuição dos seus aplicativos e apresentar a validação da compatibilidade com o Windows 10.

Para mais informações, contate a TND Brasil que auxiliará com todos os detalhes sobre esta solução.

Novo vírus rouba dados de computadores mesmo quando desconectados com a internet

virus

De acordo com um grupo de pesquisadores israelenses da Universidade Ben-Gurion do Negev, localizada na região de Be’er Sheva, acaba de ser criado um vírus com a capacidade de roubar dados de computadores mesmo sem estarem conectados com a rede de internet, onde a técnica na verdade é extrair os dados da máquina partindo simplesmente de um telefone celular.
 

Yisrael Mirsky, estudante de doutorado da Universidade e co-autor do estudo, explica que a infecção do malware tem início do seu processo através da transmissão com um pendrive.
 
Assim que executado, o vírus cria uma série de instruções que trafegam entre a CPU e a memória do computador. Na sequência são disparadas emissões de rádio nas frequências GSM, 4G (LTE) ou UMTS que se propagam até serem recebidas por um aparelho celular que ao executar um aplicativo específico capta essas frequências e acaba interceptando os dados do computador.
 
A transmissão do vírus é feita em pequenos pacotes de dados, chegando a aproximadamente um ou dois bits a cada segundo. Mesmo considerando-se baixa essa quantidade, já é suficiente para roubar senhas e informações sigilosas.
 
No estudo foi utilizado um antigo telefone celular da marca Motorola modelo C123, que possui mais de nove anos, onde os técnicos conseguiram capturar os dados de um computador sem conexão com a internet a uma distância média de cinco metros. No caso de se utilizar aparelhos celulares mais modernos, dispondo inclusive de antenas mais potentes, o desempenho da velocidade de transmissão deve crescer consideravelmente, já com um novo receptor projetado, resultaria da extração de mil bits por segundo calculados a uma distância limitada de 30 metros.
 
Esta pesquisa será apresentada nesta semana durante o 24ª Simpósio de Segurança USENIX, na cidade americana de Washington DC, como sendo a primeira a mostrar que é possível roubar dados com origem em malwares entre um computador e o telefone de celular.

Armadilha por e-mail oferece atualização para o Windows 10 e ameaça usuários

Windows 10 upgrade

Devemos prestar bem a atenção com os procedimentos que a Microsoft disponibilizou em atualizar o Windows 10, inclusive a empresa não dispara e-mail com programas em anexo para upgrade do novo sistema operacional.

Lembrando que somente os usuários das versões originais do Windows 7 e 8 estão habilitados a atualizar para o Windows 10 de forma gratuita, outras pessoas estão recebendo e-mails com a proposta em receber a atualização com maior rapidez.

De acordo com a descoberta da Talos, grupo da Cisco em inteligência de segurança e pesquisa,  cibercriminosos estão agindo de modo a aproveitar a ansiedade dos usuários em conseguir o Windows 10 e atuam com um golpe sobre os arquivos do computador através do ataque conhecido como ransomware  (através de um sistema que captura e bloqueia o acesso aos dados locais do computador, cobra-se uma certa quantia em dinheiro para devolvê-los).

O golpe é feito através de e-mail que tem no campo assunto “Windows 10 Free Update” e origem de um remetente que de forma geral parece ser legítimo, porém o risco está por trás da conta update@microsoft.com. Mesmo que a mensagem apresenta diversos erros de caracteres nos textos e segue com a identidade visual da Microsoft, anuncia em disponibilizar a atualização do Windows 10 por meio de um arquivo do tipo ZIP em anexo que deve ser baixado e instalado.

Caso for executado, o anexo não contém a atualização para o Windows 10, e sim, na verdade, trata de um programa CTB-Locker, que é uma armadilha, faz a criptografia dos arquivos do computador e em seguida exibe um aviso ao usuário onde o mesmo deverá pagar uma determinada quantia dentro de um intervalo de tempo regressivo para obter a restauração dos dados.

Windows 10 upgradeFonte: Cisco

Ao receber qualquer e-mail com estas características, a orientação é apagar imediatamente a mensagem.

A Microsoft já liberou oficialmente em seu próprio site para baixar o Windows 10 no formato de mídias internas USB e DVD, e conversão opcional para o formato de arquivo do tipo ISO nas versões 32bits e 64bits, assim se precisar instalar ou reinstalar, acesse aqui para saber dos detalhes.