Saiba tudo sobre o novo Moto X4

Saiba tudo sobre o novo Moto X4

Chegou ao Brasil no final do mês passado o novo modelo de smartphone, Moto X4, bem depois de ter sido anunciado pela Lenovo/Motorola durante uma conferência em Berlim. Desde então é possível adquirir o novo aparelho em lojas físicas e também no comércio virtual brasileiro pelo valor aproximado de R$ 1.700,00 onde traz inúmeras novidades.

Novo Moto X4 – Conheça suas funções

A grande sacada do novo aparelho está em seu sistema de câmeras, contando com duas unidades em sua parte traseira, sendo a principal de 12MP e a secundária de 8MP. Este sistema tem como principal função permitir que o proprietário do aparelho possa criar fotos muito mais amplas, com novos efeitos, filtros ou truques de edição.

O aparelho também conta com um upgrade na câmera frontal com 16MP que permite tirar selfies panorâmicas, acabando com o clássico problema das fotos com muitas pessoas em que sempre uma acaba saindo cortada por falta de espaço. O Moto X4 traz a promessa de revolucionar o ato de tirar fotos pelo celular.

Outro ponto positivo no Moto X4 está em sua memória, seu processador Snapdragon 630 da Qualcomm conta com oito núcleos 2,2 GHz garantindo ao usuário uma experiência de uso muito positiva. A expectativa é de que este novo aparelho esteja muito próximo do desempenho do celular considerado top de linha no ano de 2017.

A memória RAM varia entre 3 e 4 GB, já quando o assunto é o armazenamento, o comprador pode optar por versões de 32 ou 64 GB, contando também com um espaço para inserção de micro cartão SD de 256 GB, o que permite manter uma vasta quantidade de arquivos e aplicativos, sem se preocupar em sempre ter que apagar algum App para poder fazer o download do outro.

Outras vantagens que o comprador terá ao adquirir o Moto X4 estão em sua tela LCD de 5,2’’ Full HD, que permite uma melhor experiência no momento de assistir a vídeos no Youtube, filmes ou seriados em plataformas de streaming, além de melhor qualidade de execução nos vídeos pessoais produzidos pelo dono do aparelho. Além disso, o novo smartphone mantém a tendência de ser a prova d’agua e a poeira, o que torna a durabilidade maior e um sistema de leitor de biometria que identifica o dono através de gestos, reforçando a segurança e o respeito a privacidade.

O Moto X4 pode ser uma boa escolha para quem está procurando praticidade, inovação e facilidade. Quer saber mais sobre as novidades do universo da tecnologia ou procurando alguma solução eficiente para TI de sua empresa? Conheça a TND! Acesse www.tndbrasil.com.br e confira.

Amazon inova e anuncia venda de eletrônicos no Brasil

Amazon-inova-e-anuncia-venda-de-eletrônicos-no-Brasil2

A Amazon, pioneira no comércio pela internet e também um dos maiores e-commerces do mundo confirmou no mês passado o que já circulava por aí através de rumores: o início de sua venda de eletrônicos no Brasil. Agora além dos tradicionais livros e e-books vendidos pela marca, o consumidor também poderá adquirir aparelhos celulares, computadores, tablets, câmeras de vídeo, televisões e até games e consoles.

Um pouco sobre a Amazon

A Amazon é uma empresa de comércio eletrônico fundada em 1994, na cidade de Seattle, Washington, nos estados Unidos. Foi uma das primeiras marcas a fazer sucesso trabalhando com vendas pela internet, o crescimento foi tão grande que hoje a Amazon já é considerada uma transnacional.

A primeira data estabelecida para o lançamento da Amazon no Brasil foi 1 de setembro de 2012, porém por conta de problemas contratuais com as editoras e com a localização de um depósito, foi necessário um adiamento, a previsão era para junho do ano seguinte. Felizmente, a empresa conseguiu antecipar todos os procedimentos necessários para que ocorresse o lançamento, então no dia 6 de dezembro de 2012 entrava no ar pela primeira vez o site www.amazon.com.br, o sucesso foi tão grande quanto em outros países.

A Venda de Eletrônicos no Brasil

Até então, no território nacional, a Amazon trabalhava apenas com venda de livros impressos e digitais, além de aparelhos eReader fabricados pela Kindle, que estavam diretamente ligados à área editorial. Nos últimos meses, houve uma grande quantidade de rumores circulando pela internet dizendo que a empresa daria início à venda de eletrônicos no Brasil.

Estes boatos foram confirmados no dia 18 de outubro de 2017, quando a Amazon anunciou que passaria a aceitar produtos eletrônicos fabricados por terceiros a partir de um modelo de venda como um marketplace. Apesar de ainda ser muito cedo para chegar a qualquer conclusão, as expectativas de sucesso ligadas à venda de eletrônicos no Brasil são altas.

Já é possível visitar a sessão de eletrônicos no site da Amazon brasileira, onde o consumidor encontrará uma grande variedade de marcas e produtos. As compras podem ser realizadas em até 10 vezes sem juros, com a tendência da marca seguir as já tradicionais promoções de desconto, as quais a empresa já é bastante conhecida no mercado de livros.

A qualidade das marcas disponíveis para a venda de eletrônicos no Brasil da Amazon também é bastante alta. É possível encontrar grande variedade de produtos Dell, Lenovo, Asus, Motorola, Samsung, Canon e até mesmo Apple e Nintendo. Mostrando que a operação para este novo setor da Amazon no Brasil veio para ficar.

Quer saber mais sobre o universo digital ou procurar as melhores soluções em TI para sua empresa? Venha conhecer a TND Brasil, é sempre um grande prazer atendê-lo! Para saber mais acesse www.tndbrasil.com.br.

TI Para e-commerce – Conheça sua importância

Projetos de TIA gestão de Tecnologia da Informação foi algo realmente inovador nos últimos anos. O que surgiu como um simples suporte ou complemento, hoje é indispensável para que haja o sucesso de uma estratégia de negócios, afinal o mundo tornou-se digital e com ele mudou-se a forma de fazer comércio. Existe uma grande tendência de mercado que visa abertura de mais canais de venda para as empresas movimentando a economia, voltados ao processo de gestão de TI para e-commerce.

Sobre a governança de TI

Uma boa gestão de TI tem como função administrar a infraestrutura do ambiente tecnológico compostos por hardwares e softwares, passando por banco de dados e telecomunicações, cuidando também da proteção e segurança das informações, tudo isso visando melhorias dos negócios de uma empresa.  Atuar com a gestão de TI é extremamente importante, pois com ela é possível economizar em seu orçamento, melhorar a relação com clientes e tornar o negócio mais protegido, estes mesmo fatores se aplicam para TI para e-commerce.

Como funciona TI para e-commerce?

O comércio eletrônico, conhecido como e-commerce, também surgiu como uma espécie de complemento de vendas para as empresas, foi crescendo de forma avassaladora e hoje consiste em uma das principais formas de fazer negócios pelo mundo. Muitas lojas físicas abandonaram seus canais de venda para investir totalmente nas plataformas digitais. Tudo isso demanda uma retaguarda com suporte para poder funcionar como o esperado.

Com TI para e-commerce é possível fazer grande economia de investimento, afinal não é necessário arcar com despesas que seriam inevitáveis em pontos de venda físicos como, por exemplo, aluguel de espaço, água, luz, limpeza entre outros, tornando possível a venda de produtos mais barata e atrativa para o público alvo.

Quando um e-commerce é gerenciado por uma empresa de TI resulta num amplo conhecimento sobre o consumidor. É possível fazer um estudo e pesquisa sobre os compradores, identificando necessidades, gostos, comportamentos de compra, dados socioeconômicos, interesses culturais, formando um perfil de consumidor alvo que possibilita a criação de melhores estratégias.

Com este conhecimento, gera a descoberta de quais oportunidades aproveitar, datas comemorativas investir em melhores promoções e campanhas de marketing muito mais eficientes em comparação às desenvolvidas por comércios tradicionais.

Outra grande vantagem está na proteção e segurança, com a gestão de TI evita com que a loja seja invadida por softwares mal intencionados, hackers ou outras ameaças que possam causar um grande prejuízo financeiro. Uma loja virtual gerenciada também otimiza seu tempo, pois o site passará por períodos de manutenções reduzidos.

De olho nas tendências

Com a demanda crescente das operações de e-commerce, houve um posicionamento do mercado com o uso da infraestrutura da computação em nuvem. As vantagens são inúmeras, afinal a nuvem oferece uma grande elasticidade de seus componentes, dispondo de uma orquestração sob demanda entre aumento da velocidade de processamento, espaço em armazenamento em disco, transferência de dados, oferecendo sempre uma resposta ao cliente muito mais eficiente, e acaba tornando as vendas muito mais vantajosas.

Quer saber mais sobre TI para e-commerce e outros assuntos ligados a computação em nuvem? Saiba mais em www.tndbrasil.com.br e confira!

HP Investe em segurança de Impressoras

HP-Investe-em-segurança-de-Impressoras2Em agosto deste ano ocorreu em Miami, nos Estados Unidos, um evento chamado HP Latin América Consumer Forum, onde a maior discussão aconteceu em torno de questões sobre segurança.  Muitos panoramas ocorreram dentro do esperado, porém um surpreendeu, afinal o assunto envolvia um equipamento que está longe de ser um dos mais utilizados dentre os profissionais de gestão de Tecnologia da Informação, mas já atraiu a atenção de muitos hackers, isso mesmo, as impressoras. Muitos dispositivos estão diretamente ligados às redes corporativas, e apesar de passar muitas vezes despercebidos por usuários comuns, tem sido um alvo de pessoas mal intencionadas. Dado a este cenário, investir em segurança de impressoras se tornou fundamental.

Como Funciona a Segurança de Impressoras?

O conselheiro-chefe do departamento de segurança da HP explica o funcionamento da segurança de impressoras como um procedimento mais complexo dos que os já adotados por empresários em seus computadores. Ele os considera básicos e não suficientes e que cada dispositivo demanda proteção para que cada ação maliciosa seja detectada e descartada o mais rápido possível. O conselheiro também afirma que as impressoras há muito tempo deixaram de ser consideradas como “equipamentos burros”, ou seja, de função específica.

Muitas impressoras corporativas já funcionam como verdadeiros computadores, contando com sistemas operacionais próprios, capacidade de armazenamento incluindo memória e disco interno, e tudo isso faz com que também haja brechas para alguma falha de segurança. Segundo a HP, é justamente esta semelhança entre estes aparelhos e PCs comuns a solução que faz com que empresa esteja totalmente apta a investir em soluções que façam possível investimento em segurança de impressoras.

Como isso auxilia o usuário comum?

As impressoras domésticas, apesar de estarem cada vez mais avançadas, ainda possuem uma estrutura e capacidade mais simples do que as utilizadas em ambientes corporativos, o que infelizmente não as torna menos propensas de sofrer um ataque de hacker ou software mal intencionado, e prejudicar o usuário comum.

Os investimentos em segurança de impressoras ainda estão em fases iniciais, e estão mais focadas em linhas profissionais, o que é bastante comum em empresas de tecnologia que estão ligadas em TI, mas com o passar do tempo, estas soluções vão se tornando mais viáveis e baratas, o que resulta na inserção da solução em produtos voltados ao consumidor final e usuário comum.

A HP se vê como responsável por desenvolver os dispositivos mais seguros, o que é totalmente esperado para uma empresa responsável por uma enorme parte dos aparelhos eletrônicos utilizados em todo o mundo, a empresa também acredita ser mais eficiente desenvolver dispositivos seguros, do que educar toda a população de usuários a tomar medidas de segurança, afinal, mesmo com todo o cuidado corremos riscos maiores se estivermos utilizando um dispositivo desprotegido.

Enquanto especificamente falando de segurança de impressoras ainda não ser tão popular, é preciso focar nas soluções de segurança e proteção de Tecnologia da Informação já dispõe voltados para o mercado doméstico e corporativo. Para isso, conte com a TND Brasil, acesse www.tndbrasil.com.br e saiba mais.