Computação em nuvem: tendências para esse ano!

Foto de Computação em nuvem: tendências para esse ano!

 

Sabemos que a área da computação em nuvem representa um dos principais pilares do universo da tecnologia, trazendo diversas soluções que surpreendem em funcionalidade e inovação.

Para garantir que você realize investimentos que valem a pena, trouxemos algumas das principais tendências deste campo apontadas para o ano de 2019! Confira nosso conteúdo e continue avançando em direção ao sucesso do seu negócio.

O que é computação em nuvem?

Resumidamente, podemos dizer que computação em nuvem é o conceito que define a possibilidade de acessar documentos e executar diversas tarefas através da internet, dispensando a instalação de aplicativos, já que o armazenamento de dados é feito através de uma rede de serviços online, que chamamos de “nuvem”.

Caso você queira entender mais profundamente sobre o significado desse serviço, seu funcionamento e vantagens, recomendamos que acesse este conteúdo.

 Quais as principais tendências?

Para que você saiba quais são os futuros impactos que a computação em nuvem pode exercer sobre o seu negócio, acompanhe as tendências para 2019!

  • Hibridismo: de forma geral, acredita-se que o futuro da computação em nuvem não é público ou privado, mas híbrido. Nele, diversos serviços deverão dialogar entre si, fazendo com que as necessidades particulares de cada usuário sejam mais facilmente atendidas.
  • Segurança: o fator segurança deve aparecer de forma reforçada durante este ano no que trata da computação em nuvem, e muito disso está ligado com a fiscalização do GDPR (Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados), que entrou em vigor durante 2018.
  • Automação: embora não seja uma regra estabelecida, trabalhar na nuvem com processos predefinidos é uma das ações que ganhou força ao longo dos últimos anos e promete aparecer com ainda mais intensidade em 2019.

Em 2019, devo apostar na nuvem?

A resposta para essa pergunta é definitivamente positiva! Você deve apostar na computação em nuvem durante este ano, já que os benefícios oferecidos por essa opção são inúmeros e aperfeiçoam de diversas formas o seu trabalho no dia a dia.

Consulte os especialistas da TND Brasil para entender mais sobre as soluções proporcionadas por esse serviço e invista com assertividade na evolução do seu negócio. Confie em quem entende do assunto e comece a parceria ideal.

 

Computação em nuvem: Por que escolher essa plataforma?

 

No mercado de TI, tudo está em constante movimento. Avanços e descobertas surgem de forma contínua, e por esse motivo, os profissionais da área precisam desenvolver e aprimorar habilidades, a fim de acompanhar cada novidade. Neste sentido, o surgimento da computação em nuvem (em inglês “cloud computing”) representou um verdadeiro marco – e uma transformação digital – para quem atua no segmento de Tecnologia da Informação.

Se você ainda não conhece as particularidades desta plataforma e quer entender melhor como ela funciona, confira o conteúdo informativo que a TND preparou para você!

O que é computação em nuvem?

Basicamente, o conceito de computação em nuvem abrange a capacidade de acessarmos qualquer arquivo, serviço de internet ou programa, de forma remota. Isso significa que você não precisa instalar diversos aplicativos ou ferramentas em seu computador, porque os seus documentos e projetos estarão guardados no que chamamos de “nuvem”.

O que faz um prestador de serviço desta área?

Os profissionais de cloud, como são popularmente conhecidos, são responsáveis pelo projeto, desenvolvimento e implantação da infraestrutura, e assim, prosseguem na otimização do ambiente ou dos recursos oferecidos pela nuvem. Podem ser desenvolvedores, administradores ou ainda, híbridos, o que significa que realizam atividades em geral.

Serviço na nuvem não garante a segurança digital

Em recente pesquisa realizada pela IDC (International Data Corporation), empresa que atua em consultoria de inteligência de mercado de tecnologia de consumo, foi constatado que cerca de 38% dos prestadores e provedores de serviços cloud sentem a necessidade do reforço da segurança nesta plataforma computacional. Assim, aposta-se em um investimento previsto de 23% para os próximos 2 anos.

Se você está procurando por profissionais especializados que atuam nessa área e estão comprometidos com o sucesso do seu negócio, a TND pode te ajudar! Entre em contato conosco para conhecer soluções de computação em nuvem com segurança.

Soluções de data center: confira as melhores para o seu negócio

Praticamente todas as empresas precisam de soluções de data center para suas operações: além de hospedar o site do negócio, também há a opção de armazenar dados sigilosos. Assim, eles ficam mais seguros do que em uma máquina comum.

De acordo com a Statista, 47% da população mundial estão conectadas à internet. Isto significa que há mais de 3,6 bilhões de pessoas com acesso à rede!

Apesar de todos os benefícios que a inclusão digital traz para empresas e pessoas físicas, há um desafio: onde armazenar os dados gerados por todos estes usuários? Afinal, o volume de informações é altíssimo: estatísticas de 2012 apontavam que ele chegava a 10 mil terabytes!

A resposta? Soluções de data center ou centrais de processamento de dados.

O que é um data center?

Os data centers são uma infraestrutura completa para o armazenamento e gestão de dados. Assim, ao mesmo tempo em que eles ficam em segurança, são facilmente acessíveis por pessoas autorizadas.

Vale ressaltar que, para garantir a confiabilidade da solução em sua empresa, ela deve ser montada e mantida por profissionais de tecnologia da informação.

Quais são as principais soluções de data center do mercado?

É inegável que os dados, na atualidade, valem ouro. Estudiosos afirmam que seu impacto é tão grande que causará uma 4ª Revolução Industrial!

O mercado não deixou de reagir a esta tendência. Por conta disso, há várias soluções de data centers disponíveis para pessoas físicas e jurídicas. Confira as principais:

Armazenamento na nuvem

One Drive, Google Drive, iCloud e Dropbox. O que elas têm em comum? Simples: todas são ferramentas de computação em nuvem!

Com elas, o usuário pode armazenar dados e documentos sem usar a memória física do computador. Mas, com uma conexão à internet, é possível acessá-los tão rápido quanto se eles assim estivessem!

Deste modo, em caso de danos físicos, invasões de hackers ou infecções por malware, as informações estão seguras. Por conta disso, a solução é muito útil para empresas!

Hospedagem de sites

Há quem diga que abrir um negócio sem divulgá-lo na internet é como se você o mantivesse em segredo. Ou seja: ter um site é fundamental!

Isto, por sua vez, demanda um local para armazenar os dados da página. Felizmente, há soluções de data centers direcionadas especialmente a esta necessidade, para que seu site seja estável e realmente atraia clientes.

Data center corporativo compartilhado

No caso de empresas que necessitam armazenar seus dados ou que têm um orçamento limitado para investir, há a opção de compartilhar um data center.

Não se preocupe: seus dados ficam isolados e só você tem acesso a eles.

Apenas a estrutura – e consequentemente os custos – são compartilhados. Assim, você conta com toda a comodidade de um servidor, por um valor muito mais em conta!

Em busca de soluções de data center? A TND Brasil pode te ajudar!

Se pretende investir em soluções de data centers para o seu negócio a TND Brasil tem o que você precisa!

Além de um ambiente computacional seguro, contamos com profissionais qualificados para garantir a segurança e a confiabilidade de nossos servidores. Fale com a gente para saber mais!

Clique aqui ou se preferir ligue para:

+55 11 3717-5537

contato@tndbrasil.com.br

 

Os benefícios da computação em nuvem

cloud2A computação em nuvem otimiza a utilização de recursos na sua empresa. Requer baixo investimento e concentra todos os dados em campos menores, gerando um serviço mais eficiente e consequentemente mais barato.

Mas o que é isso?

Simples: é o armazenamento de dados através da Internet, e não do disco rígido do computador. Estes dados ficam acessíveis online, por meio de uma rede. Assim você pode realizar diversas atividades na própria nuvem, sem necessidade de ter determinados aplicativos ou de salvar arquivos em aparelhos eletrônicos.

Com a tecnologia de nuvem, as informações da sua empresa ficam disponíveis em qualquer dispositivo a qualquer hora, o que facilita o manuseio. Portanto, a nuvem nada mais é do que a própria Web.

Quais são as vantagens da computação em nuvem?

Além do ótimo custo-benefício, aumento da produtividade, facilidade de acesso, segurança e alcance, alguns pontos bons da computação em nuvem pedem destaque:

  • Menos custo e mais espaço

A nuvem, ao contrário do servidor próprio, não demanda quase nenhum custo inicial. Com a grande capacidade de adaptação da rede, você só pagará pelo que for efetivamente usar, portanto não existe desperdício. É uma maneira mais inteligente de gerir o orçamento.

Os fornecedores de nuvem, como são chamados, cobram baseando-se no uso.

  • Mobilidade

Tudo que você precisa é de acesso à internet. Funcionários podem trabalhar de onde for, pois os dados e todo tipo de informações estarão armazenados na nuvem.

Somente a mobilidade pode trazer diversas vantagens, como auxiliar a tomada de decisões em tempo real e gerar mais produtividade.

  • Velocidade

Grande parte do que é oferecido na nuvem é feito de acordo com a procura, garantindo agilidade e disponibilizando o que foi pedido com nada mais do que alguns cliques. Este fator alivia a pressão e a necessidade de um planejamento muito complexo por parte da equipe.

  • Desempenho

A computação em nuvem alivia o trabalho dos funcionários de Tecnologia da Informação, já que não demanda que eles atualizem servidores ou gerenciem atualizações de softwares manualmente. Dessa forma, tais profissionais ficam com mais tempo hábil para se concentrar em tarefas de grande importância.

  • Segurança

Os melhores serviços de computação são executados em redes bem protegidas.
Além disso, o backup de dados é feito de forma muito simples, o que garante a recuperação em casos de imprevistos.

 Quer melhorar o rendimento da sua empresa?

Agora que você conhece todas as vantagens da computação em nuvem, não deixe de aproveitar. Contrate o serviço da TND!

http://www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

 

Tenha a oportunidade de conhecer a TND Brasil com seu portfólio de serviços e soluções

escritorio-tnd

Com atuação no mercado de Tecnologia da Informação há mais de 12 anos, a TND Brasil mantém seu foco no gerenciamento de ambientes computacionais, é especializada no aluguel de equipamentos e fornecimento de softwares como serviços, como parceira é certificada pelos principais fabricantes de hardwares e softwares do mercado.

Será um prazer recebê-lo em nossa sede ou podemos agendar uma visita em sua empresa para conversarmos sobre nosso portfólio de serviços e soluções com o objetivo de atender suas necessidades e expectativas na área de TI.

Acesse nosso vídeo institucional aqui para saber mais sobre a TND Brasil, e aguardamos o seu contato!

Dell lança nova linha do Alienware 18 Gaming Laptop

dell-lanca-nova-linha-alienware-18-gaming-laptop

A fim de atender diversos pedidos de usuários, a Dell americana anunciou ontem o lançamento da nova linha do seu laptop Alienware 18 Gaming Laptop.

Considerado o mais poderoso da linha até hoje, o novo equipamento da Dell vem com um processador Intel Core i7-4910MQ quarta geração (ou 4940MX), 16GB de memória RAM DDR3L (ou 32GB), disco rígido de 1TB 7.200 rpm (ou SSD de 512GB), tela de 18,4 polegadas WLED FHD (1920×1080), placa de vídeo Dual Nvidia Geforce GTX 970M com 6GB de memória GDDR5 (ou 980M com 8GB), Wi-Fi 802.11ac+Bluetooth 4.0. Tem espessura de 5,67 cm e peso de 5,4Kg.

Voltado para o público experiente em games, o Alienware 18 nos Estados Unidos tem seu preço inicial de 2.899,99 dólares até a configuração top que chega a 4.649,99 dólares. Até o momento não foi anunciada a venda deste novo produto no mercado brasileiro, aguardamos novidades com a Dell Brasil.

Datacenter da Microsoft começa a operar no Brasil para oferecer computação em nuvem

Microsoft datacenter

Com promessas de otimizar o serviço de computação em nuvem na região do Brasil e  América Latina, a Microsoft anunciou a inauguração de um datacenter, onde planeja se manter posicionada como empresa voltada a dispositivos e softwares, e impulsionar mais negócios. Dessa maneira, o Brasil se coloca como uma das 11 regiões no mundo dispondo de infraestrutura local na plataforma de computação em nuvem da Microsoft, o Azure.

De acordo com André Echeverria, gerente-geral da divisão de nuvem para empresas da Microsoft Brasil, o datacenter que não teve seu local exato divulgado por questões de segurança, levou 18 meses em sua construção. Sabe-se apenas que fica em uma área de grande confluência de telecomunicação e conectividade no Estado de São Paulo.

A plataforma Azure está disponível para uso de empresas, onde grande parte delas já migrou seu ambiente computacional para a nuvem resultando em corte de gastos com estrutura própria de tecnologia da informação. Para as pessoas físicas, é oferecido o serviço OneDrive, que utiliza a infraestrutura do Azure, e outros que tiver interesse em contratar.

Echeverria comenta que no projeto do datacenter não houve nenhum incentivo ou apoio governamental e já fazia parte dos objetivos da Microsoft há algum tempo, e destaca ainda que a velocidade dos serviços poderá aumentar em até 30 vezes mais para os usuários brasileiros.

A Microsoft revela que globalmente o Azure tem crescimento na receita de 148% ao ano distribuído em 90 países, totalizando investimentos próximos a US$ 1 bilhão, e detalhes especificamente sobre o Brasil ainda não comenta.

Office 365 gratuíto a estudantes da rede estadual de SP

parceria-officeUma parceria entre a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEESP) e a Microsoft irá fornecer gratuitamente o Office 365 para estudantes da rede estadual de ensino.

Será disponibilizado em nuvem para 4 milhões de alunos o acesso à versão completa do pacote Office 365 ProPlus, com permissão de instalar em até cinco dispositivos diferentes, tais como desktops, notebooks, tablets e smartphones.

A iniciativa é parte do programa Student Advantage, diz a Microsoft, que deverá investir cerca de R$ 2 bilhões em alunos brasileiros levando-se em conta o custo da assinatura do Office 365 por pessoa.

Instituições que já possuem um contrato de licenciamento do Office 365 ProPlus ou do Office Professional Plus para funcionários e professores, como o caso da SEESP, serão beneficiadas com o programa Student Advantage.

A distribuição do Office 365 ProPlus já começará em 2014 e será feita na própria escola incluindo os aplicativos Word, Power Point, Excel, OneNote e Outlook.

O que é o Big Data e para que serve

big-dataÉ grande o número de pessoas que já ouviu falar no Big Data, mas não tem ideia do que ele é, e para entender de que forma essa tecnologia esta mudando nossas vidas é preciso deixar os termos técnicos de lado e usar uma linguagem mais informal.

Como definição, o Big Data é a habilidade de capturar, armazenar e processar grandes quantidades de dados em busca de correlações, ou seja, é uma aventura de descobertas através do cruzamento de números, estatísticas e levantamento do comportamento do consumidor por trás do seu perfil, como tendências, modelos, entre outros, fundamental para a tomada de decisões, porém, nós não sabemos exatamente o que estamos procurando até encontrarmos resultados inesperados.

Para exemplificar, podemos citar uma empresa americana que realizou uma pesquisa para criar um método de prever os problemas que um carro usado poderá ter antes de comprá-lo no caso de um leilão, pois não é possível examinar o carro com detalhes antes de dar o lance embora estabelecer esse método possa gera alguma vantagem competitiva.

Estranhamente depois de cruzar um número imenso de informações e dados históricos, os cientistas que analisaram a pesquisa concluíram que os carros cor laranja são os que apresentam menor chance de apresentar problemas. Vale salientar que a pesquisa não procurava por carros especificamente cor laranja e sim por dados como: marca, modelo, ano, cor, preço, origem, fabricante, entre outros, e no resultado da análise dos dados encontraram uma correlação entre quantidade de problemas e a cor.

No final da pesquisa não houve efetivamente uma justificativa do motivo da cor estar associada aos critérios selecionados, mas o que foi demonstrado realmente é que nos Estados Unidos os carros cor laranja possuem 50% menos chance de apresentar problemas. Para quem busca o resultado pouco importa o porquê e sim o que fazer com as informações, as correlações detectadas nos números são fatos. Essa possibilidade se dá graças ao imenso suporte que temos disponível para coleta de dados, armazenamento e processamento.

Outro caso a exemplificar foi o surto de gripe causado pelo vírus H1N1 (influenza) em meados de 2008, onde os dados sobre onde e como o vírus se alastrava estavam sempre desatualizados devido ao fato do período de incubação se dar sempre em torno de duas semanas antes do paciente procurar ajuda e o caso ser registrado nos órgãos competentes que também demoravam em juntar os dados às estatísticas.  Nos Estados Unidos, o CDC, agência que regula o departamento de saúde, precisava dos dados muito antes para que pudesse tomar alguma providência com efeito preventivo.

Assim, a maioria das pessoas que tinha algum tipo de sintoma começou a recorrer ao Google para saber mais informações, foi então que os cientistas do Google cruzaram os dados das milhões de pesquisas realizadas semanas antes do H1N1 ser detectado em determinada região através de dados oficiais, em comparação com as pesquisas que estavam sendo realizadas naquele momento, e conseguiram gerar gráficos capazes de prever em tempo real de que forma o H1N1 estava se propagando. O resultado deste processo chegou a mostrar ser 90% eficiente, e hoje o mesmo está disponível gratuitamente a todos, não apenas para o influenza, mas também para outros tipos de doenças.

Casos exemplificados como estes ilustram a concepção do Big Data, que propõe também sua aplicação na área comercial possibilitando prever tendências de preços e compras, contudo é preciso tomar muito cuidado no que diz respeito à privacidade, pois devemos lembrar que há um aumento cada vez maior do número de pessoas que acessam a internet e as redes sociais, e consequentemente fica fácil monitorar e registrar comportamentos e hábitos de cada um a todo o momento.

Windows XP deixará de receber assistência a partir de abril de 2014

windows-xpLançado há mais de 10 anos no mercado, o Windows XP, famoso sistema operacional da Microsoft, embora já possua duas versões de atualizações oficiais conhecidas como 7 e 8, ainda não deixou de ser utilizado em todo o mundo.

A StatCounter, empresa de pesquisa de mercado de buscadores, navegadores e sistemas operacionais, relata que o Windows XP ainda é o sistema operacional mais usado em oito países e se for levado em conta que todas as pessoas no mundo tem um computador, o Windows XP passa a ocupar o segundo lugar, ficando atrás apenas da versão Windows 7.

O estudo relata que os países que mais utilizam o XP são:

  • Ilhas Cook: 72%
  • Ilha Norfolk: 70%
  • Coreia do Norte: 61%
  • Eritreia: 58%
  • China: 54%
  • Cuba: 52%
  • Marrocos e Vietnã: 44%

E considerando-se o percentual de representatividade da China, ela supera todas as outras nações.

Embora o número de usuários do Windows XP ainda seja grande, a Microsoft já anunciou que o sistema operacional deixará de receber suporte por volta de sete meses, com a data prevista em 8 de abril de 2014.