Novo Bluetooth 4.2 traz mais segurança, maior velocidade e menos consumo de energia

Nova Tecnologia

Foi divulgado nesta semana a nova versão 4.2 do Bluetooth pela organização Bluetooth Special Interest Group, responsável pelo desenvolvimento deste padrão de conexão, com foco na tendência do mercado da Internet das Coisas bem como nos novos dispositivos lançados no mercado.

Esta nova versão do Bluetooth oferece um aumento na segurança e melhor desempenho na transferência de dados, sendo capaz de lidar com arquivos de tamanho 10 vezes superior e transferi-los com velocidade até 2.5 vezes maior quando comparados com a versão anterior.

A maior eficiência na transferência de dados resultará em um consumo de energia menor, destaque importante para os dispositivos vestíveis. Geralmente os aparelhos usam o Bluetooth de forma primária para se conectar com outros equipamentos, e devido suas baterias serem compactas, o alto consumo de energia está sendo um dos principais empecilhos para estes dispositivos.

A compatibilidade de padrões de conexão IP com a internet também aumentou para o IPv6/6LoWPAN, além da possibilidade do uso da criptografia, que aumenta a segurança na troca de dados entre os aparelhos.

A previsão é que esta nova tecnologia chegará ao mercado no segundo trimestre de 2015, com alguns recursos disponíveis somente em novos dispositivos, mesmo considerando-se o princípio de se manter a compatibilidade nos aparelhos com Bluetooth de versões anteriores.

YouTube disponibilizará modo “off-line” em dispositivos móveis

youtubeSegundo artigo publicado no blog do YouTube para criadores de conteúdo, os vídeos da sua plataforma poderão ser assistidos no modo “off-line” em dispositivos móveis a partir de novembro próximo, desta forma, poderão ser baixados para um tablet ou smartphone e assistidos posteriormente sem precisar estar conectado com a internet.

De acordo com a matéria do blog de tecnologia All Things Digital, os vídeos ficarão disponíveis para serem assistidos em até 48 horas após o download ter sido realizado.

O YouTube comenta que esse novo recurso trará para o usuário uma nova experiência ao visualizar os vídeos bem como os canais em dispositivos móveis.

Mesmo no modo “off-line”, os anúncios continuarão a ser exibidos junto aos vídeos. Com o mercado de anúncios crescendo de modo acelerado, onde dados divulgados pelo portal BI Intelligence, especializado em análise no setor de mobilidade, indicam que os vídeos on-line são responsáveis por US$ 520 milhões de gastos em publicidade nos Estados Unidos, há cerca de 13% do mercado de anúncios em vídeo digital durante o ano.

Desde o ano passado o YouTube já disponibiliza um aplicativo para o sistema Android que permite um pré-cache dos vídeos, assim é possível assistir vídeos “off-line” desde que esteja conectado à internet ao iniciar a transmissão, o que também deverá sofrer alterações.

Data de lançamento e maiores informações sobre essa atualização serão divulgados oficialmente em novembro, conforme anunciado pelo Google.

Como usar a internet com segurança em redes Wi-Fi públicas

rede-publicaDifícil encontrar nos dia de hoje quem não possui um smartphone, tablet ou notebook com acesso a internet via Wi-Fi e são cada vez mais comuns estabelecimentos públicos como cafeterias, hotéis, aeroportos e outros espaços que oferecem acesso às suas redes gratuitamente, mas é preciso ficar atento às dicas de segurança em redes antes de se conectar a uma pública.

 

Controle através de um firewall

O firewall trabalha controlando o tráfego de dados de internet e determina qual conteúdo pode ser aceito e qual deve ser bloqueado. Os firewalls são disponibilizados em duas formas: em softwares ou hardwares. Os softwares são os mais comuns e são instalados pelo usuário em seu próprio dispositivo, já os hardwares são indicados para empresas que possuem um volume maior de tráfego de dados, regras próprias de segurança e gerenciamento diferenciado.

Fornecimento de informações pessoais

O ideal é não utilizar redes públicas para fornecimento de informações pessoais como conta bancária, número de cartão de crédito ou senhas, por exemplo. Caso seja necessário digitar alguma informação, verifique a presença da imagem do “cadeado fechado” em seu navegador (browser) e se o endereço do site começa com ‘https’.

Configurações do dispositivo

Procure manter seu dispositivo desativado para conexões automáticas via Wi-Fi, e antes de se conectar a uma rede pública, desative os compartilhamentos de arquivos como músicas e fotos, por exemplo, isso ajuda a se manter afastado dos hackers. Toda vez que você deixar de navegar, desabilite a sua conexão.

VPN

A Rede Privada Virtual – VPN (Virtual Private Network) é uma conexão de rede construída sobre a infraestrutura da internet e incorpora um sistema de criptografia na comunicação, onde caso os dados sejam capturados durante o tráfego, eles não poderão se decifrados. Os dispositivos responsáveis pelo gerenciamento da VPN devem ser capazes de garantir a privacidade, integridade e autenticidade dos dados. Normalmente a VPN é usada por empresas que precisam trafegar dados e não têm como evitar a interligação através de uma rede pública, e desta forma garantirá a privacidade com uso da criptografia dos dados.

 

Microsoft Office Mobile disponível para iPhone no Brasil

office-mobilePara quem já é assinante do Office 365 Home Premium e do Office 365 ProPlus, a Microsoft Brasil acabou de disponibilizar o app denominado Office Mobile para iPhone na Apple Store Brasil sem custos.

Através deste app, é possível visualizar conteúdos com nitidez no Word, Excel, PowerPoint, dentre outros do pacote Office, além de permitir a edição dos conteúdos mantendo a formatação original, ou seja, o documento estará com o mesmo visual e formatação no momento em que for acessado no PC ou MAC novamente.

Ao lançar o Office 365, a Microsoft se comprometeu em entregar atualizações regulares para os assinantes o que já foi feito com chamadas do Skype e recursos do OneNote.

O Office Mobile foi criado para acessar e gravar conteúdos no SkyDrive ou SkyDrivePro, mantendo o mesmo conteúdo visto no computador disponível no telefone de forma simplificada, podendo assim fazer edições rápidas e compartilhamentos, revisar e adicionar comentários e trabalhar com anexos enviados através de e-mail.

Se houver interesse em testar o app no iPhone, é necessário assinar uma versão de avaliação em http://www.office.com/ e para os usuários de dispositivos com Windows Phone, o Office Mobile já vem instalado no aparelho.

Maiores informações sobre planos e assinaturas do Office Mobile estão disponíveis no site da www.microsoft.com.br.

Norton Mobile Security identifica Apps que incomodam

norton-mobile-securityA nova versão do Norton Mobile Security (3.4 para o iOS e 3.5 para o Android), além de procurar por malware e impedir a invasão de privacidade, agora é capaz de identificar apps que incomodam o usuário com propagandas excessivas, bem como os que capturam o número do telefone para enviar para terceiros podendo acessar contatos e imagens de forma inadequada. O banco de dados do Norton já está com mais de quatro milhões de apps Android analisados.

Segundo Con Mallon, executivo da Symantec, “se um usuário do Norton baixar um app analisado, o banco de dados irá retornar informações com as possíveis ameaças à segurança e a privacidade, mesmo que o app não seja um malware, nesse caso a informação será quanto a comportamentos incômodos e inadequados”. Mallon ainda diz que “propaganda não é algo ruim, o que não pode é passar dos limites, como por exemplo, abrir uma página de propaganda toda vez que se sai do app”.

Este banco de dados Norton Mobile Insights é exclusivo do Norton Mobile Security, onde completa Mallon, “Dar ao consumidor mais informações sobre o que seus apps estão fazendo será um de nossos diferenciais daqui pra frente”.

Também foram adicionados recursos de proteção contra sites maliciosos ao navegador Chrome e a proteção antifurto do iOS ampliada para dispositivos Wi-Fi, que através do portal do Norton Mobile Security será possível localizar o aparelho.

Para adquirir a esse novo Norton Mobile Security será necessário fazer uma assinatura que custa em torno de US$ 30,00 por ano e atende até 10 aparelhos iOS ou Android. O espaço necessário de memória no aparelho é de 15 MB e as versões compatíveis são 5.0 do iOS e 2.2 do Android em diante.