Nova opção para uso do Skype através de navegador

Nova opção para uso do Skype através do navegador

A Microsoft disponibilizou hoje oficialmente uma nova versão do Skype que permite o seu uso através dos navegadores de internet (web browsers) e encontra-se liberada para 30 idiomas, incluindo o português do Brasil.

Esta nova opção de acesso ao serviço oferecido pelo Skype é gratuita, partindo que se tenha uma conta ativa na Microsoft, um navegador e conexão com a Internet para o link de acesso http://web.skype.com.

Desta forma, ao completar o acesso já habilita em realizar e receber chamadas entre usuários Skype, organizar videoconferências, fazer chat e ligações para telefones fixos ou celulares com base no plano de créditos contratado.

Assim o Skype passa a seguir a tendência de seus outros concorrentes tais como Facebook Messenger e WhatsApp que também já dispõem de uma versão web para seu acesso através de navegador web.

Edge é o novo navegador da Microsoft

dge é o novo navegador da Microsoft

Finalmente, a Microsoft vai substituir o Internet Explorer (IE) para dar lugar a um navegador mais moderno e robusto. Oficialmente anunciado na conferência Build para desenvolvedores, o Microsoft Edge passa a ser o novo browser de acesso à internet da empresa, instalado a partir do Windows 10. Os sistemas operacionais com as versões mais antigas, tais como XP, 7 e 8, ainda vão ter que recorrer ao velho IE ou aos alternativos concorrentes.

O IE ficou conhecido entre os usuários mais assíduos da internet por estar já há algum tempo defasado em comparação aos demais navegadores competidores, em especial o Mozilla Firefox, Google Chrome e Apple Safari mesmo com as atualizações frequentes disponibilizadas pela Microsoft.

A equipe de desenvolvimento do Microsoft Edge comentou que o conceito do logo do novo navegador foi pensado em manter a semelhança visual com o IE e facilitar ao usuário leigo a identificação do navegador. Na construção do Edge, 220 mil linhas de código antigo e mais de 300 interfaces que eram exclusivas do Internet Explorer foram removidas na migração para o novo navegador. Além disso, cerca de 4200 correções foram feitas para permitir que o Edge possa competir com os seus navegadores rivais que tenham ultrapassado o sucesso inicial do Internet Explorer.

A Microsoft assegurou aos desenvolvedores que eles poderão migrar suas extensões dos navegadores concorrentes para o Edge. Históricos de sites, páginas favoritas, guias abertas e páginas mais acessadas serão guardados na nuvem pelo navegador. Essa não é exatamente uma novidade, mas mostra que o Edge chega para bater de frente com os demais navegadores, coisa que o IE já não era mais capaz de fazer há muito tempo.

Novo navegador da Microsoft tem auxílio da Adobe e outros parceiros

Desenvolvimento do novo navegador da Microsoft tem auxílio da Adobe e outros parceiros

O novo navegador (browser) da Microsoft, projeto batizado de Spartan, sucessor do Internet Explorer (IE) previsto na próxima versão do Windows 10, contou no desenvolvimento com outras empresas e entidades, dentre elas a Adobe, que colaborou no processo de seu layout, design, tipografia, gráfico, animações e tudo relacionado ao visual ou a experiência do usuário final.

De acordo com Bogdan Brinza, gerente de programa do navegador, esse tipo de envolvimento e contribuição de terceiros não era possível antes, pois o código-base do IE era fechado a intervenções externas. Isso muda com o Spartan, em que melhora claramente as perspectivas do projeto.

Assim, no último preview do sistema operacional Windows 10, já foi possível verificar a implementação dessas contribuições, e os testadores podem colocar em prática todas as mudanças.

A gigante do software tem feito gradualmente a abertura de código de uma série de ferramentas-chave, incluindo o .NET no final do ano passado. Última jogada da Microsoft é uma grande mudança em relação ao passado, e sinaliza uma tentativa de aprender com seus erros no mundo web, e não ser deixado para trás em uma época onde o desenvolvimento de soluções para internet está cada vez mais se movimentando em um ritmo acelerado.

Usuários do Windows 7 já podem baixar prévia do navegador Microsoft Internet Explorer 11

explorer11Ainda em fase de preview, a Microsoft disponibilizou para baixar o navegador Internet Explorer 11 trazendo novas características aos usuários que utilizam o Windows 7, com o intuito de retomar um lugar de destaque no mercado competindo com o Google Chrome e Mozilla Firefox.

As novidades estão relacionadas ao desempenho e a velocidade, que segundo a Microsoft, o novo Internet Explorer (IE) é até 30% mais rápido que os concorrentes com base no sistema operacional Windows 7, além das novas ferramentas para execução de Javascript e suporte ao padrão WebGL para desenvolvedores.

O gerente de marketing do IE Roger Capriotti foi quem divulgou a novidade no blog oficial do Windows, comentando que a versão preview do IE dará uma boa noção de como será o programa que chega ainda neste ano aos PCs com Windows 7 e possivelmente para o lançamento do Windows 8.1.

Sandeep Singhal e Rob Mauceri, gerentes de programas do navegador, em publicação no blog do site oficial do IE, comentaram sobre as funções que serão utilizadas pelos usuários do Windows 7, destacando que o motor Chakra de JavaScript garante melhor desempenho, compatibilidade e segurança, e concluem: “No Windows 7, o IE11 Release Preview é 9% mais rápido do que o IE 10. Ou seja, uma evolução de 5% em relação à versão Developer Preview (lançada no meio deste ano para desenvolvedores), e a diferença é de mais de 30% para o nosso principal concorrente”.