Processador Core i3: Intel anuncia 8ª geração com melhorias no desempenho

i32

Para a alegria dos entusiastas da informática, a Intel anunciou no último dia 19 de fevereiro, sua oitava geração de processadores. Isto trouxe novidades às famílias i3, i7 e i8, com melhora de desempenho nos equipamentos direcionados a todos os perfis de usuários. Neste post falaremos sobre o processador Core i3, o mais visado por empresas e as novidades anunciadas pela gigante da informática. Confira!

 Quais foram as principais novidades do processador Core i3 8ª geração?

Apesar das melhorias, o processador Core i3 não foi pensado para usuários exigentes: ele é o modelo perfeito para quem busca um bom desempenho para tarefas cotidianas, como navegar pela internet, editar planilhas e gerar arquivos de textos.

Felizmente, o processador Core i3 8130U (nome oficial da nova geração) trouxe uma série de melhorias neste sentido. Veja algumas delas:

Os processadores da 8ª geração Intel são os mais rápidos do portfólio da empresa

Todas as famílias de processadores da Intel passaram por melhorias: são os mais rápidos já desenvolvidos por ela. Como cada uma está voltada a um perfil de usuário, todos os públicos deverão se aproveitar das melhorias.

Acontece que o processador Core i3, a partir de agora contará com funcionalidades que antes só estavam disponíveis nas linhas de ponta (i7 e i8). Continue lendo para saber mais!

Ele foi pensado especialmente para notebooks 2 em 1

No mundo da tecnologia, tamanho ainda é documento. A diferença é que menos é mais!

Por conta disso, os ultrabooks, ultrafinos e os PCs 2 em 1 dominaram o mercado.

Se o processador Core i3 já era pensado para notebooks, em sua oitava geração ele é elaborado para tornar estes equipamentos compactos ainda mais potentes. Ou seja: é perfeito para quem não abre mão de um dispositivo extremamente portátil, mas com boa performance.

Presença do Hyper Threading

A oitava geração do processador Core i3 conta com apenas dois núcleos. Entretanto, a chegada do Hyper Threading – antes presente apenas nas linhas i7 e i8 – pode fazer com que ele se comporte como um quad-core.

Isto acontece automaticamente, quando o processador detecta que o usuário está realizando tarefas que exijam mais da máquina. Com isso, a performance máxima é garantida até mesmo quando você estiver com vários programas abertos ao mesmo tempo.

Presença do Turbo Boost

O Turbo Boost é outra tecnologia da Intel pensada para melhorar a performance do processador quando o desempenho máximo for requerido. Novamente está presente pela primeira vez na linha i3.

Trata-se de uma funcionalidade que aumenta dinamicamente o desempenho do clock da CPU. Assim, o usuário não fica na mão nem mesmo quando exigir o máximo da peça.

Atenção: o processador Core i3 8ª geração não foi pensado para gamers!

Por mais que o processador Core i3 8130U tenha várias novidades pensadas para melhorar seu desempenho, ele não foi projetado para gamers.

Por mais que sua performance esteja melhor, ela não é boa o suficiente para suportar jogos com gráficos realistas, que exigem bastante memória. Ele ainda é para usuários leves – principalmente os corporativos – por excelência.

Ainda não temos uma data certa de quando os computadores portáteis com o processador Core i3 8ª geração estarão disponíveis no mercado, mas podemos dizer que será em breve.

Temos todos os produtos dos principais fabricantes do mercado de TI, trabalhamos em parceria com os distribuidores oferecendo excelentes condições de negociação. Há 15 anos nossa missão é oferecer qualidade em nossos atendimentos com o compromisso de satisfação de nossos clientes internos e externos.

Precisando de notebooks para o trabalho ou lazer com processador Intel? Fale com a TND! (11) 3717-5537

E-mail: contato@tndbrasil.com.br

Ou Fale Conosco clicando aqui!

Nova versão do Acer Swift 7: notebook mais fino do mundo ganha atualização

02Em 2016, a Acer surpreendeu o mercado mundial de laptops ultra portáteis com um lançamento que rompeu barreiras dentro de um segmento que já é impressionante: a empresa anunciou o Acer Swift 7. Com menos de 10 milímetros de espessura, ele roubou o título de máquina mais fina do mundo do antigo dono na época, o HP Spectre 13. Agora em 2018 a fabricante bateu o próprio recorde, com o anúncio da nova versão do Acer Swift 7, a empresa novamente fabrica a máquina mais fina do mundo, só que ainda mais portátil.

 Quais são as principais novidades da nova versão do Acer Swift 7?

Para a alegria dos usuários a nova máquina da Acer manterá uma série de funcionalidades da primeira versão, como o teclado retro iluminado e a cobertura de Gorilla Glass no touchpad e no monitor. Ainda assim, a fabricante anunciou que o novo equipamento contará com uma série de melhorias.

De acordo com a empresa, a máquina foi totalmente pensada para quem busca produtividade acima de tudo. Ou seja: é perfeita para quem pretende carregar seus dados consigo a qualquer lugar, contando com uma bateria extremamente durável.

Confira as principais novidades trazidas pela nova versão do Acer Swift 7:

 Apenas 8,98 milímetros de espessura

Esta é, com certeza, a principal novidade do Swift 7. Ele tem apenas 8,98 milímetros de espessura, frente a 9,98 milímetros da versão anterior.

Entretanto, isto não significa perda de performance. Muito pelo contrário! A nova versão do Acer Swift 7 vem equipada com processador Intel Core i7 de sétima geração, 8GB de memória RAM e SSD de 256GB.

 Leitor de impressões digitais

A Acer também trouxe novas soluções de segurança ao novo Swift 7. Além da opção de desbloqueio por senha, a nova versão do notebook trará um leitor de impressões digitais, permitindo que o usuário deixe seus dados mais seguros.

 Reconhecimento facial via Windows Hello

Do mesmo modo, o dono da máquina pode optar por desbloqueá-la com reconhecimento facial. Isto acontece graças à tecnologia Windows Hello, que permite a identificação biométrica do proprietário, proporcionando um nível a mais de segurança de acesso.

 Modem 4G próprio

Para quem quer trabalhar de qualquer lugar, a nova versão do Acer Swift 7 traz uma novidade extremamente interessante: um modem 4G próprio, modelo LTE Intel XMM.

Esta funcionalidade significa que o dispositivo pode se conectar a rede por meio de um nanochip SIM com acesso à rede móvel. Ou seja: você pode navegar sem depender do Wi-Fi!

 Bateria de longuíssima duração

Se os proprietários do novo notebook mais fino do mundo não terão que ser escravos do Wi-Fi, tampouco terão que se preocupar em ter uma tomada por perto: a Acer garante que a bateria do dispositivo durará até 10 horas.

Quanto custa a nova versão do Acer Swift 7?

O lançamento da nova versão do Acer Swift 7 ainda não foi anunciado oficialmente no Brasil, apenas nos Estados Unidos e na Europa onde será vendido a partir de abril. Lá custará US$ 1,7 mil. Ou seja: no Brasil, é bem provável que ele demandará um investimento considerável, mas que valerá à pena!

Mas, se você está precisando de um bom computador para trabalhar ou para o lazer enquanto a nova versão do Acer Swift 7 não chega ao Brasil, conte com a TND! Temos uma ampla gama de produtos das principais fabricantes do mercado com excelentes condições de negociação para aquisição de hardwares, softwares e acessórios.

Entre em contato conosco através do telefone (11) 3717-5537 ou clique aqui.

CES 2018: confira algumas atrações mais impressionantes do evento

ces-2018Machine learning, 5G e internet das coisas. Estas três tecnologias devem ser os portais que levarão a sociedade rumo ao futuro! Foi o que mostrou a CES 2018 – o maior evento de tecnologia do mundo – realizado na cidade americana de Las Vegas.

A feira mostrou durante três dias, o que há de mais avançado em desenvolvimento tecnológico dentro das grandes empresas do setor. Confira tudo neste artigo.

O que é a CES 2018?

A Customer Electronic Show (CES) é uma feira que acontece anualmente nos Estados Unidos. Há mais de 50 anos o evento funciona como uma amostra do que há de melhor – e mais interessante – no mundo da tecnologia.

A CES 2018 aconteceu entre os dias 9 e 12 de janeiro no Centro de Convenções de Las Vegas. Os organizadores ainda não liberaram os números desta edição, mas sabe-se que são dados impressionantes: em 2017, por exemplo, houve mais de 4 mil empresas expositoras, mil palestrantes e 180 mil visitantes.

Quais foram os principais produtos apresentados na CES 2018?

Por mais que tudo o que é apresentado na feira seja impressionante, sempre há alguns itens mais marcantes do que outros.  Na CES 2018, alguns dos itens que mais atraíram atenção – e derrubaram os queixos – dos presentes foram:

Sophia, a robô

A robô Sophia, em si, não é uma novidade: ela já havia sido apresenta ao mundo. Sua tecnologia é tão avançada que ela se tornou o primeiro ser robótico a ganhar a cidadania de um país, a Arábia Saudita em outubro de 2017.

Ela foi reapresentada na CES 2018, desta vez com melhorias. Sophia foi recoberta por um material que lembra pele humana e ganhou feições realistas, inspiradas na atriz Audrey Hepburn.

Além disso, seus criadores anunciaram que ela agora é capaz de fazer movimentos mais complexos com as pernas. Eles também afirmam que ela é dotada de machine learning – ou seja, pode ser programada para aprender de modo autônomo.

TV The Wall

A coreana Samsung, mais uma vez, encantou os visitantes do CES 2018 com uma criação extremamente interessante: uma TV modular.

O aparelho pode ter as funções que o dono desejar, basta comprar os módulos (painéis de LED) e uni-los. Na feira, ela ganhou o apelido de The Wall porque foi usada para montar um gigantesco painel de 146 polegadas.

e-Palette

Não é segredo que muitas empresas estão desenvolvendo veículos autônomos. Na CES 2018 a Toyota impressionou os visitantes com um veículo deste tipo, além de totalmente movido a eletricidade, ele tem um nível de autonomia 4, ou seja, pode requerer a intervenção de um humano em certas situações.

O diferencial do e-Palette é que ele já tem data para entrar em operação: deve circular para fazer entregas de empresas parcerias durante as Olimpíadas de 2020 em Tóquio. A fabricante afirma que ele também pode ser usado para o transporte de pessoas.

TV OLED W8

Esta televisão apresentada pela LG, é a evolução da SmartTv. Sua característica mais impressionante é a espessura, de apenas 2,6 milímetros. Além disso, ela é dotada de inteligência artificial, recebe comandos de voz e pode realizar buscas na internet por meio do Google.

Em busca de soluções de tecnologia da informação para seu negócio? Conte com TND Brasil! Nosso time de especialistas oferece uma série de serviços sob medida para você e sua empresa. Entre em contato para saber mais!

Telefone: +55 11 3717-5537

E-mail: contato@tndbrasil.com.br

Fale conosco pelo site.

Fakes e robôs digitais: o que você precisa saber para se proteger

Fakes-e-robôs-digitais2“A interferência de diversos tipos de fakes e robôs digitais nas eleições dos Estados Unidos influenciou o resultado da disputa em 2016.” Essa foi a conclusão do congresso americano que chamou gigantes da tecnologia – como Facebook e Google – a dar explicações. No Brasil, o próximo pleito promete ser tão polarizado quanto o americano. Por esta razão, cresce a preocupação de que a tecnologia também será usada no favorecimento (ou não) de determinados candidatos nas eleições neste ano de 2018. Além disso, fakes e robôs muitas vezes são programados para terem acessos a informações pessoais dos usuários sem que eles percebam. Continue lendo este artigo e veja como se proteger desses ciberataques.

Quais são os tipos de fakes e robôs presentes na internet?

A BBC Brasil, em sua série de reportagens Democracia Ciborgue, identificou três tipos de ciborgues e robôs usados na manipulação da opinião pública:

  • Robôs: são mais frequentes no Twitter. Eles automatizam a disseminação de certos conteúdos – frequentemente falsos – que favorecem um lado de uma disputa.
  • Ciborgues: são robôs híbridos, controlados parte por humanos, parte por máquinas. Por esta razão, apresentam engajamentos mais complexos, compartilhando e até mesmo comentando em publicações.
  • Robôs políticos: podem ser perfis verdadeiros ou falsos. Eles são programados para dar like (curtir) publicações de determinadas páginas automaticamente – o que nas redes sociais dá a entender que o público endossa o conteúdo.
  • Fakes clássicos: são perfis falsos feitos por pessoas verdadeiras com inúmeros objetivos. Com a polarização em alta, muitos usuários verdadeiros se escondem atrás de fakes para expor opiniões ou informações nas redes sociais sem serem identificados ou para conseguir dados e informações sigilosas.

Todos os tipos de fakes e robôs são danosos?

 Nem todos os robôs são danosos. Os chatbots são um exemplo de como a tecnologia pode ser usada para o bem: eles atendem o cliente de forma automática e ágil, melhorando sua experiência.

O problema é quando eles são usados para manipular a opinião pública em prol de um candidato, partido ou causa e até mesmo para roubar informações como dados bancários, senhas de acessos e tudo mais. Isso não só é possível, como é real: uma dessas estratégias foi usada também na campanha do referendo do Brexit.

Em uma época na qual se fala em uma ágora digital, esses tipos de robôs e fakes podem gerar um endosso artificial a determinado discurso levando mais pessoas a confiarem nele, mesmo que seja falso.

Como se proteger de fakes e robôs na internet?

 Há cientistas que pesquisam todos esses fakes e robôs usados na internet, eles já identificaram padrões que os desmascaram por mais reais que os perfis pareçam. O primeiro empecilho à sua naturalidade é o horário comercial: há ciborgues e fakes que são controlados por funcionários contratados especialmente para isso. Portanto, suas interações podem acontecer mais com maior frequência durante o horário de trabalho. Além disso, os fakes usam imagens de pessoas falecidas ou de bancos de imagens para as fotos de perfil. É fácil identificar se é o caso: basta salvar a foto e arrastá-la na barra de busca do Google. O algoritmo automaticamente procurará imagens iguais ou semelhantes com suas respectivas fontes.

Por fim, suspeite de perfis que aparentam se dedicar apenas à disseminação de polêmicas ou de conteúdos de fontes duvidosas. Quando não há postagens de cunho pessoal, as chances de que você esteja diante de um fake – ou de um perfil comprado – são altas.

Em busca de soluções de tecnologia para a sua empresa com qualidade e segurança? Fale com a gente sem compromisso!

Telefone: +55 11 3717-5537

E-mail: contato@tndbrasil.com.br

Fale conosco: www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

Samsung Galaxy S9: Saiba a novidade da gigante coreana para 2018

sp2Em 2017, a Samsung rompeu barreiras e se lançou ao mercado de notebooks gamers, com o modelo Odyssey. Ao que tudo indica a gigante coreana tampouco ficará para trás em 2018: blogueiros e jornalistas de todo o mundo especulam a respeito de seu próximo lançamento, o Samsung Galaxy S9. Ansioso? Nesse post você confere o que já se sabe do próximo aparelho top de linha da Samsung e o que esperar dele em termos de inovação, performance e preços. Veja só:

O que esperar do Samsung Galaxy S9?

Os lançamentos da linha Galaxy, top de linha da Samsung, despertam curiosidade mundo afora. A apresentação da versão S8 foi uma que, particularmente, derrubou queixos no mundo todo: ela representou um grande salto em comparação ao antecessor, o Galaxy S7. O novo design – que o afastou definitivamente da aparência do rival, o iPhone – junto com o assistente virtual próprio e as melhorias na câmera foram um enorme avanço por parte da empresa.

Entretanto, o mesmo não deve se repetir com o Samsung Galaxy S9. É praticamente unânime entre os blogueiros de tecnologia que as mudanças trazidas por ele não devem ser radicais. Muito pelo contrário: elas devem ter um caráter de ajuste mais do que qualquer outra coisa.

O principal ponto de inovação seria se, conforme rumores, a empresa lançasse três versões do aparelho, ao invés de duas. No caso, haveria um Samsung Galaxy S9, S9+ e S9 mini – uma versão reduzida, de apenas 5 polegadas de tela.

Quais devem ser os principais diferenciais do Samsung Galaxy S9 em comparação ao antecessor?

Ainda não há informações oficiais sobre o aparelho, tudo se baseia em rumores. Alguns dos principais são:

  • Leitor de íris: ao contrário da concorrente Apple, a Samsung insiste no leitor de íris para desbloquear o aparelho. Rumores afirmam que ele deve ser privilegiado em detrimento do leitor de impressões digitais no novo aparelho. Sabe-se que este, por sua vez, deve ficar embaixo da câmera, não ao seu lado.
  • Chip Qualcomm 845: esse chip torna o carregamento ultrarrápido, permitindo a carga completa em apenas uma hora. Se ele estiver presente no Samsung Galaxy S9, será uma excelente notícia para quem depende de que o celular funcione o dia todo.
  • Formato da tela: há rumores de que a Samsung ajustará o design da tela. Ao contrário da concorrente Apple, ela não ocuparia toda a dianteira do aparelho, mas a borda inferior seria eliminada. Já a superior seria aproveitada para posicionar a câmera e os sensores.

Quando o Samsung Galaxy S9 deve ser anunciado?

Os irmãos mais novos do Samsung Galaxy S9 – S8 e S8 Plus – foram anunciados antes do final de março de 2017. Consequentemente, tudo leva a crer que o novo top de linha da gigante coreana não está muito longe de ser lançado. A Samsung tem o hábito de anunciar seus novos produtos da linha Galaxy no congresso espanhol Mobile World Congress. De acordo com o site oficial, a versão 2018 acontecerá no dia primeiro de março, em Barcelona.

E agora, a pergunta que não quer calar: quanto custará o Samsung Galaxy S9? Ao que tudo indica, a fabricante tem interesse em manter os preços no mesmo patamar. Tendo os preços do S8 como comparação, estima-se que o valor do S9 poderá começar entre R$ 3,5 e 4 mil.

Em busca de soluções de tecnologia para a sua empresa? Fale com a gente e peça um orçamento sem compromisso! Dispomos de uma equipe de profissionais capacitados com qualificação e especialização técnica nas mais diversas tecnologias disponíveis no mercado de TI.

Telefone: +55 11 3717-5537

E-mail: contato@tndbrasil.com.br

Site: www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

 

Bitcoin: tudo o que você tem que saber sobre a última febre dos investimentos

bitcoinDurante o último semestre de 2017, o tópico mais quente do mundo das finanças foi, sem dúvida, o Bitcoin. A criptomoeda, totalmente livre de regulações por qualquer Banco Central, provocou rebuliço tanto em profissionais do mercado financeiro quanto em leigos no assunto. Nesse guia, você aprende o que é o Bitcoin, como ele funciona e por que ele ganhou atenção de pessoas do mundo inteiro. Confira:

 O que é o Bitcoin?

 O Bitcoin foi criado em 2009 por um programador cuja verdadeira identidade segue oculta até hoje. Só se sabe que, na web, ele atende por Satoshi Nakamoto. Por mais que muitos se refiram a ele como uma moeda, ele é, em sua essência, uma tecnologia. Ele permite realizar transações instantânea e anonimamente, de qualquer lugar do mundo sem impostos nem taxas.

Isso porque todas as operações são descentralizadas e distribuídas por vários computadores: é o blockchain.  O processo funciona da seguinte forma: as máquinas “competem” na resolução de problemas matemáticos complexos. Quem ganha o desafio, também ganha o direito de “emitir” Bitcoins. O processo é denominado mining, e só pode participar dele quem tem máquinas extremamente robustas.

 Como adquirir e usar o Bitcoin?

 O Bitcoin ganhou manchetes no mundo todo em meados de 2017 devido à sua valorização exponencial. Se em janeiro do ano anterior ele era comercializado a US$ 1 mil, no fim de 2017 sua cotação beirava os US$ 60 mil.

Por esta razão, cada vez mais pessoas o veem como um investimento: estima-se que 90% dos proprietários de Bitcoin o tenham adquirido com esse fim. A popularidade é tanta que já há bancos especializados na comercialização da criptomoeda em todo o mundo, inclusive no Brasil.

O primeiro passo para adquiri-lo é ter um endereço de Bitcoin – uma chave alfanumérica de até 34 caracteres que funciona como identificador. Após a compra, ele fica armazenado em uma carteira virtual, como se fosse uma conta bancária. Caso o usuário pretenda realizar uma transação com ele, basta encaminhar o respectivo código ao vendedor. O pagamento é feito de forma instantânea totalmente anônima e impossível de rastrear.

Por que o Bitcoin tem chamado tanto a atenção dos investidores?

 É inegável que o Bitcoin envolve um nível muito alto de programação e tecnologia. Acontece que esse não é o único motivo para a sua fama em ascensão. A febre da criptomoeda foi tanta que já há iniciativas para que ela seja aceita por estabelecimentos comerciais comuns, como se fosse uma moeda regular, tal qual o Euro e o Dólar. O Japão já levou a ideia a cabo: espera-se que mais de 300 mil estabelecimentos locais tenham o Bitcoin como forma de pagamento. A Rússia já sinalizou que deve fazer o mesmo.

Outro fator que alavancou a popularidade – e o valor – da moeda foi a sua comercialização no mercado financeiro. Já é possível negociá-la na Chicago Board Options Exchange (CBOE), a bolsa de valores de Chicago. Entretanto, nem todos os países receberam a iniciativa muito bem. China e Coréia do Sul já barraram a criação de novas criptomoedas, temendo o impacto na economia. Ao investidor, resta observar a evolução do cenário.

Em busca de soluções de tecnologia para seu negócio? Fale com a gente e peça um orçamento sem compromisso!

www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

Telefone: +55 (11) 3717-5537

E-mail: contato@tndbrasil.com.br

Fire TV Stick da Amazon chega ao Brasil; Confira suas funcionalidades

0110Nos Estados Unidos, a Amazon não está consolidada apenas como varejista, mas, também, como empresa de tecnologia. Com a chegada do Fire TV Stick ao Brasil, a empresa dá a entender que pretende seguir o mesmo caminho aqui também. Neste post, você confere tudo sobre esse novo produto no mercado nacional! Confira:O que é o Fire TV Stick?

O Fire TV Stick promete bater de frente com o Chromecast, da concorrente Google, que até então ocupava a confortável posição de ser o único dispositivo do tipo vendido no Brasil. O aparato da Amazon é muito semelhante: ao ser conectado na porta HDMI de uma TV comum, ele a transforma em uma smart TV instantaneamente.

Assim, o usuário tem acesso a aplicativos como YouTube, Spotify e Netflix – apesar de o próprio serviço de streaming da Amazon, o Amazon Video Prime, também estar disponível no dispositivo. Do mesmo modo, é possível usá-lo para certos games.

Suas configurações não são muito robustas: ele funciona com uma versão customizada do sistema Android, tem processador quad-core, 1 GB de memória RAM e 8 GB de memória de armazenamento, que pode ser usada para baixar e instalar os aplicativos e jogos de preferência de usuário. Porém, ele não precisa de muito mais do que isso para realizar o que se propõe.

O Fire TV Stick foi lançado no mercado nacional no último dia 21 de novembro, bem a tempo para as compras de Natal. Assim como o Kindle, ele é vendido exclusivamente no site da Amazon.

Quais são as funcionalidades do Fire TV Stick?

À primeira vista, o Fire TV Stick não parece mais do que um pendrive grande demais. Entretanto, o pequeno dispositivo tem muito a oferecer para o usuário!

Ele permite que qualquer um carregue todos os aplicativos de uso rotineiro consigo e use-os em qualquer televisão, desde que haja uma conexão Wi-Fi disponível. Essa é a razão porque sua pequena memória não é um problema: não há a necessidade de baixar muitos arquivos, você sempre pode se conectar a rede para acessar seus serviços de streaming.

Quanto custa o Fire TV Stick?

O Fire TV Stick chegou ao mercado brasileiro pelo valor de R$ 289. Ele pode ser parcelado em até 12 vezes sem juros no site da Amazon. Seu concorrente direto, o Chromecast, fica em R$ 250.

 Como saber se vale a pena comprar o Fire TV Stick?

Não há dúvida de que aparelhos como o Fire TV Stick são impressionantes e muito úteis. Mas, ele vale a pena mesmo? A resposta é: depende do seu perfil.

O usuário que mais se beneficia de dispositivos do tipo é aquele que não tem uma smart TV em casa, mas gostaria de ter. Nesse caso, é um excelente negócio: o Fire TV Stick é claramente mais barato que a compra de um aparelho mais atualizado.

Quem viaja muito também tende a se beneficiar muito dele. Com o dispositivo, você tem acesso a seus aplicativos, músicas e filmes em qualquer lugar com uma TV e acesso à internet – basicamente, de qualquer hotel do mundo.

Todas as notícias e informações do mercado da Tecnologia e Informação você acompanha aqui em nosso blog. Em busca de serviços e soluções, segurança e proteção em TI para você e seus negócios? Visite nosso site e fale com a gente! Acesse: https://goo.gl/dDo9My

ANATEL promete bloqueio de celular pirata a partir de 2018

bloqueio-celular-pirata2Em julho deste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL) declarou que pretendia implementar o bloqueio de celular pirata no Brasil. Em novembro, a agência anunciou que a medida entra em vigor a partir de 2018.

Nós usamos nossos celulares para praticamente tudo. Não é à toa que a medida do bloqueio de celular pirata gerou muita apreensão: muitas pessoas ficaram em dúvida a respeito dos critérios do bloqueio adotados, além de não saberem como fazer para saber se os seus aparelhos corriam risco.

Neste guia, você encontra todas as informações essenciais a respeito do bloqueio de celular pirata pela ANATEL: quais modelos são considerados irregulares, como saber se o seu gadget corre risco e quando a medida entra em vigor. Confira:

 Quais aparelhos serão bloqueados?

 Para a ANATEL, os aparelhos piratas são aqueles que atendem a um desses critérios:

  • O aparelho não está homologado por ela própria para uso em território nacional;
  • O aparelho teve o IMEI adulterado.

O que é o IMEI e o que ele tem a ver com o bloqueio de celular pirata?

 O IMEI está para um celular como o chassi está para um carro. É um número de identificação, único e intransferível, que é atribuído ao aparelho e fica registrado na rede na primeira conexão feita por ele.

Quando um celular é furtado ou roubado, muitas vezes o dono pede o bloqueio do IMEI junto à operadora. Isso faz com que ele fique inutilizável.

Entretanto, há um grande mercado ilegal de desbloqueios irregulares. Os criminosos adulteram o IMEI e, deste modo, o celular volta a funcionar. Com a nova medida de bloqueio de celulares pirata, essa prática está com os dias contados.

Como saber se o meu celular é considerado pirata?

 No site da ANATEL, é possível descobrir se o modelo do celular está ou não homologado pela agência. Caso ele não esteja, pode ser que não haja motivo para preocupação: só serão bloqueados os aparelhos irregulares que entrarem na rede após a data oficial do início do bloqueio. O registro ficará “congelado” e aparelhos antigos continuarão funcionando.

Quanto ao IMEI, você pode descobri-lo abrindo o discador do seu celular e digitando *#06#. Se o número que aparecer for diferente do que consta na caixa ou na nota fiscal, isso significa que provavelmente houve adulteração.

 Comprei um celular no exterior. Corro o risco de tê-lo bloqueado?

 Com os altos preços dos smartphones no Brasil, muita gente aproveita as férias para adquiri-los no exterior, por um preço mais baixo. A pergunta é: eles serão bloqueados?

Se o seu aparelho foi fabricado por uma das gigantes do setor, você provavelmente não tem com o que se preocupar: se ele tiver sido registrado por uma organização participante da associação GMSA, não há problemas.

Serei pego de surpresa pelo bloqueio?

Não! A ANATEL começará a notificar os donos de aparelhos irregulares em fevereiro de 2018. O bloqueio acontece 75 dias depois do envio da primeira notificação.

Além disso, a agência estabeleceu um cronograma por regiões. O bloqueio a partir de 9 de março vale apenas para Goiás e Distrito Federal. Os prazos das demais regiões estão no site da ANATEL.

Fique por dentro de tudo o que acontece no mercado tecnológico com a TND Brasil. Temos soluções completas de TI para sua empresa, com gerenciamento avançado de capacidade para transformar seu ambiente computacional bem flexível, com desempenho, eficiência e confiabilidade. Solicite um orçamento. Acesse: http://www.tndbrasil.com.br/contato-tnd/

Saiba tudo sobre o novo Moto X4

Saiba tudo sobre o novo Moto X4

Chegou ao Brasil no final do mês passado o novo modelo de smartphone, Moto X4, bem depois de ter sido anunciado pela Lenovo/Motorola durante uma conferência em Berlim. Desde então é possível adquirir o novo aparelho em lojas físicas e também no comércio virtual brasileiro pelo valor aproximado de R$ 1.700,00 onde traz inúmeras novidades.

Novo Moto X4 – Conheça suas funções

A grande sacada do novo aparelho está em seu sistema de câmeras, contando com duas unidades em sua parte traseira, sendo a principal de 12MP e a secundária de 8MP. Este sistema tem como principal função permitir que o proprietário do aparelho possa criar fotos muito mais amplas, com novos efeitos, filtros ou truques de edição.

O aparelho também conta com um upgrade na câmera frontal com 16MP que permite tirar selfies panorâmicas, acabando com o clássico problema das fotos com muitas pessoas em que sempre uma acaba saindo cortada por falta de espaço. O Moto X4 traz a promessa de revolucionar o ato de tirar fotos pelo celular.

Outro ponto positivo no Moto X4 está em sua memória, seu processador Snapdragon 630 da Qualcomm conta com oito núcleos 2,2 GHz garantindo ao usuário uma experiência de uso muito positiva. A expectativa é de que este novo aparelho esteja muito próximo do desempenho do celular considerado top de linha no ano de 2017.

A memória RAM varia entre 3 e 4 GB, já quando o assunto é o armazenamento, o comprador pode optar por versões de 32 ou 64 GB, contando também com um espaço para inserção de micro cartão SD de 256 GB, o que permite manter uma vasta quantidade de arquivos e aplicativos, sem se preocupar em sempre ter que apagar algum App para poder fazer o download do outro.

Outras vantagens que o comprador terá ao adquirir o Moto X4 estão em sua tela LCD de 5,2’’ Full HD, que permite uma melhor experiência no momento de assistir a vídeos no Youtube, filmes ou seriados em plataformas de streaming, além de melhor qualidade de execução nos vídeos pessoais produzidos pelo dono do aparelho. Além disso, o novo smartphone mantém a tendência de ser a prova d’agua e a poeira, o que torna a durabilidade maior e um sistema de leitor de biometria que identifica o dono através de gestos, reforçando a segurança e o respeito a privacidade.

O Moto X4 pode ser uma boa escolha para quem está procurando praticidade, inovação e facilidade. Quer saber mais sobre as novidades do universo da tecnologia ou procurando alguma solução eficiente para TI de sua empresa? Conheça a TND! Acesse www.tndbrasil.com.br e confira.

A inovação dos bancos digitais que investem em facilitar a vida do usuário

Untitled-5Além de menores tarifas a inovação no lançamento, os bancos digitais oferecem facilidades para o cliente sem intermédio de agências físicas. Através do uso de smartphones e redes sociais, a internet tornou algo cada vez mais frequente o uso dos serviços on-line. Extratos e faturas para pagar impressos em papel, idas ao mercado e ao shopping ficaram para trás e as pessoas continuam buscando formas mais ágeis e práticas de resolver o seu dia a dia.

Por conta dessas mudanças, os bancos físicos também passaram a ficar de olho nesse mercado on-line, e começaram a criar as chamadas contas digitais para atrair as pessoas que gostam de comodidade e agilidade. Neste novo modelo de conta corrente, os bancos podem cortar drasticamente os seus custos e repassar essa economia para os seus clientes, seja em benefícios ou em redução de tarifas e a inovação dos bancos digitais não para por aí.

Em algumas instituições a conta é oferecida de modo que o usuário possa gerenciar sua vida financeira usando o meio digital, sem a intermediação da agência bancária ou gerente de banco. Estão disponíveis gratuitamente serviços como DOC, TED e pagamentos. É possível resolver tudo através do computador, tablet ou celular que tenha acesso à internet. Não pega filas e tem acesso 24h, além disso, não há cobrança de taxas de manutenção e transações efetuadas.

As contas digitais existem atualmente em paralelo às tradicionais e desde bancos grandes até os novos oferecem os serviços como por exemplo:

  • Conta fácil – Banco do Brasil;
    Conta digital – Banco Intermedium;
    Banco Original;
    Banco Neon;
  • Super digital – Santander.

Além desses bancos, existem outros conhecidos e tradicionais que ainda não se adequaram aos serviços digitais e não fornecem o serviço:

  • HSBC;
  • Citibank;
  • Caixa Econômica;
  • Banco Safra;
  • Banrisul;
  • Banco do Nordeste;
  • Banco Votorantim.

Como toda novidade tem vantagens e desvantagens, com uso dos serviços dos bancos digitais vale à pena analisar e comparar o que cada um oferece. Escolha qual atende às suas necessidades antes de fechar qualquer contratação. E para se manter seguro, contrate a TND Brasil para proteger de onde você faz todas as suas transações on-line.